Voltar

Unimed Vale do Sinos realiza primeiro hackathon para colaboradores

Unimed Vale do Sinos realiza primeiro hackathon para colaboradores

Unimed Vale do Sinos realiza primeiro hackathon para colaboradores

Cooperativa busca estimular colaboradores a desenvolverem raciocínio lógico, além do desenvolvimento da inovação

A Unimed Vale do Sinos realizou três módulos do Coonect, um programa de capacitações que ocorreu de agosto a novembro com módulos que tratavam dos seguintes temas: autoconhecimento, ambientes inovadores e ferramentas criativas. Ao final dos encontros, os participantes irão se reunir para um Hackathon nos dias 7 e 8 de novembro.

A palavra hackathon é resultado da combinação entre os termos hack (o verbo to hack, no sentido de programar com expertise) e marathon (maratona). Na atividade, os colaboradores terão a oportunidade de criar um negócio e apresentar aos demais participantes, proporcionando um ambiente ideal para o desenvolvimento da inovação.

Segundo o coordenador do setor de Gestão da Inovação, João Rocha, a Unimed Vale do Sinos possui uma natureza de inovação radical. “Acreditamos que nossos colaboradores são um grande ativo e fonte de ideias de novos negócios. O Coonect é um treinamento que ajuda os colaboradores a validarem suas ideias com os clientes e este programa nos possibilita criar um alinhamento com nossos colaboradores para que, juntos, possamos pensar em negócios que façam sentido aos clientes”, explica.

Para Rocha, acreditar no intraempreendedorismo é essencial para uma corporação. “Com capacitações como esta possibilitamos nossos colaboradores a terem uma nova perspectiva, colocando-os como protagonistas e proporcionando momentos de reflexão e ferramentas que podem auxiliá-los em diferentes fases e situações da vida pessoal e profissional”, completa.

Quando o assunto é inovação, Rocha acredita que o que guia hoje as empresas: “Inovar é gerar valor a outra pessoa, entendendo o que dói nela e como gerar uma solução de valor, conectando dor e solução teremos a perseguida inovação”.