Voltar

Cuidados pré-parto que fazem toda diferença para a mãe e o bebê

Cuidados pré-parto que fazem toda diferença para a mãe e o bebê

Cuidados pré-parto que fazem toda diferença para a mãe e o bebê

O momento pré-parto envolve uma série de medidas que garantem a preparação para a tão esperada chegada do bebê. Arrumação do quarto, enxoval e cuidados com a beleza estão sempre na lista das futuras mamães. Mas existem algumas medidas importantes para a saúde da mãe e do recém-nascido, que precisam ser levadas em consideração.

De acordo com o obstetra e diretor técnico da Maternidade Unimed Vitória, Henrique Zacharias Borges Filho, além dos cuidados com a saúde durante toda a gestação, há também dicas específicas para os dias que antecedem o parto, que nem sempre são consideradas.  “Geralmente, quando é possível programar a chegada do bebê, é comum encontrar na maternidade futuras mães com unhas feitas e cabelos arrumados. Mas nem todas sabem que alguns cuidados com a beleza não são recomendados” lembra.

Segundo o especialista, pintar as unhas e se depilar estão entre as atitudes que não devem ser tomadas pelas futuras mamães antes de se dirigirem à maternidade. “É pela variação da cor das unhas que o médico pode verificar como estão a oxigenação e a circulação do sangue durante o parto. Além disso, a retirada da cutícula pode causar sangramento e aumentar as chances de infecção. Muitas mulheres também têm dúvidas se já devem ir depiladas. O problema, nesse caso, é que qualquer ferimento, pelo encravado, corte ou arranhão ocasionado pela depilação, por menor que seja, na véspera de um parto, pode ser uma via de entrada de infecções”, diz.

O médico separou outras dicas importantes para as futuras mamães:

•Cuide das Aréolas – A futura mãe pode ajudar no processo tomando 15 minutos de sol por dia em horários apropriados, antes das 10 e após as 16 horas. Outra dica importante é não usar hidratantes ou produtos para limpar as mamas após o nascimento do bebê.

•Posição para dormir - A dica é dormir virada para a esquerda. Assim o sangue flui melhor para a placenta, e leva oxigênio e nutrientes para o bebê.

•Postura - O recomendado é usar sapatos sem salto e bolsas leves, sempre alternando os ombros. Ao sentar, pode colocar uma almofada ou duas no assento e outra para apoiar as costas, deixando a pélvis mais alta que os joelhos. A melhor posição é sempre a ereta. A postura adequada nos noves meses da gestação também estimula o bebê a ficar na posição correta para o nascimento.

•Previna-se da anemia - Para evitar a anemia durante a gestação, recomenda-se a ingestão de alimentos ricos em ferro, como lentilha, espinafre, salsa e carnes em geral.

•Alimentação não é para dois - A fome aumenta durante a gravidez, mas a regra não é comer por dois. Invista na alimentação saudável, repleta de minerais e vitaminas que farão bem à mãe e ao bebê.

•Circulação sanguínea - Para evitar os inchaços e a sensação de pernas pesadas é importante facilitar a circulação sanguínea, se alimentando de forma leve e saudável, praticando exercícios, repousando as pernas para cima. Além disso, recomenda-se o uso de meias elásticas.

•Cuidado com a infecção urinária - A infecção urinária é a segunda causa de mortalidade em fetos de até três meses. Para evitar complicações, beba bastante líquido, cuide da higiene íntima e não segure o xixi.