Voltar

Mais fome no frio? Veja dicas para manter a alimentação equilibrada

Mais fome no frio? Veja dicas para manter a alimentação equilibrada

Mais fome no frio? Veja dicas para manter a alimentação equilibrada

30 Julho 2020

O tempinho mais frio combina e muito com comidinhas gostosas. E a impressão, nesta época do ano, é de que sentimos mais fome também. A nutricionista do programa Viver Bem da Unimed Vitória Dalyla Formagine diz que o clima de inverno pode interferir sim no desejo do organismo de consumir mais calorias. "Gastamos mais energia no clima mais frio para manter o corpo aquecido. Ou seja, precisamos repor esse gasto energético e, por isso, sentimos mais fome", explica.

O que precisamos ficar atentos, de acordo com a nutricionista, é com os alimentos que escolhemos para repor essa energia. O ideal é buscar sempre o equilíbrio.

"As guloseimas podem entrar no cardápio, mas não todos os dias. Tudo é questão de moderação".

Outra dica para garantir saciedade e, assim, evitar comer demais é incluir bastante fibra no dia a dia, optando por alimentos integrais. "Devemos fazer as refeições completas, com carboidrato, proteína, lipídeos e fibras, presentes em grãos, verduras e legumes. Isso nos mantém saciado por mais tempo e com menos vontade de 'beliscar'", afirma a especialista.

 

Veja mais dicas para não comer demais no inverno:

- Se der vontade de tomar um chocolate quente, a dica é usar leite desnatado e chocolate com alto teor de cacau e menos açúcar;

- Sopas são uma ótima opção nesta época do ano, especialmente, as de legumes (umas duas ou três variedades, no máximo, é o ideal), mais leves. Pode incluir carnes magras também na composição. Uma sopa balanceada deve possuir uma porção de proteína ou gordura boa, como amêndoas, semente de girassol ou de linhaça. Entre os legumes, os mais indicados são abobrinha, berinjela, chuchu, alho-poró, couve-flor, brócolis, abóbora e carboidratos de baixo índice glicêmico, como batata doce ou baroa;

- Inclua bastante saladas no dia a dia, porque são ricas em fibras;

- Não deixe de praticar atividades físicas, sob supervisão profissional. Ajuda a controlar a ansiedade;

- Opte por alimentos integrais;

- Mesmo no inverno, beba bastante água. No frio, sentimos menos sede, mas nem por isso não precisamos de água. Fique atento;

- Massas caem bem no inverno. A dica é não exagerar e escolher molhos mais leves, especialmente, os de tomate. Evite molhos brancos e à base de queijos;

- Quando bater o desejo por um docinho, frutas quentes ou assadas são ótimas opções. Pode ser maçã, banana, pêssego ou abacaxi. Polvilhar canela sobre elas dá um sabor a mais e ainda garante propriedades termogênicas;

- Se der vontade tomar uma bebida quente, não abuse dos achocolatados. Esta é uma boa época para saborear chás e cafés.