Voltar

Projeto CorreES na reta final: faltam 12 municípios para terminar o trajeto pelo Estado

Projeto CorreES na reta final: faltam 12 municípios para terminar o trajeto pelo Estado

Após uma cirurgia no punho, o corredor Anselmo Perez retomou o projeto e prevê sua chegada em Vitória no próximo dia 18

Projeto CorreES na reta final: faltam 12 municípios para terminar o trajeto pelo Estado

Após uma cirurgia no punho, o corredor Anselmo Perez retomou o projeto e prevê sua chegada em Vitória no próximo dia 18

3 Dezembro 2021

Falta pouco para a conclusão do CorreES, projeto do corredor amador e professor aposentado de educação física da Ufes Anselmo Perez, que está passando pelos 78 municípios do Espírito Santo. Junto com a esposa, Kamilla Gomes, que também é professora de educação física, Anselmo segue para as 12 últimas cidades do Estado antes de retornar à Capital. Ao todo serão 2.500 km percorridos.

Com experiência de mais de 20 anos de treinamento em corrida e participação em diversas provas, incluindo mais de 20 maratonas, Perez já passou por 66 municípios do Estado. Nesta sexta-feira (3) ele chega a São Mateus, onde fica até domingo (5). Na segunda (6) ele segue para Nova Venécia. “A previsão é chegar na Praia de Camburi, em Vitória, dia 18 de dezembro”, adianta. O desafio, que teve início em 9 de agosto, tem apoio do Instituto Unimed Vitória.

Em novembro o corredor retomou o projeto após um acidente de percurso. Depois de uma queda no decorrer do trajeto para São Roque do Canaã, Anselmo teve uma fratura no punho direito e passou por uma cirurgia. “Estou correndo com uma munhequeira, fazendo exercícios de fisioterapia e sempre em contato com o médico que fez a cirurgia. Depois de cinco semanas parado, o ritmo está voltando aos poucos. Mas estou firme, forte e seguindo o cronograma do projeto”.

Saúde e meio ambiente

Ao lado de Kamilla, que tem dado todo o suporte de carro durante o percurso, o corredor revela que a recepção nos municípios tem sido a melhor possível. Ele tem aproveitado para visitar escolas e fazer palestras educativas sobre a importância da atividade física e a proteção ao meio ambiente.

“Está sendo uma realização, graças a todo o apoio que temos recebido por onde passamos. Estamos atingindo o objetivo do projeto. A felicidade maior é saber que as pessoas estão aderindo às causas do não sedentarismo e da educação ecológica. Parece que a sementinha que a gente está plantando em cada município tem solo fértil para ser germinado”, comemora.

Durante essa corrida pelo Estado, Anselmo observa que os pontos turísticos poderiam ser bem sinalizados para atrair mais turistas. “Há muita coisa a ser explorada turisticamente no Estado. As prefeituras poderiam colocar mais placas sinalizando os locais turísticos para receber mais visitantes”, pontua. Para conferir paisagens do trajeto, vídeos e lives, basta acompanhar o perfil do @corre.es no Instagram.