Voltar

Tenha um verão livre das alergias respiratórias

Tenha um verão livre das alergias respiratórias

Tenha um verão livre das alergias respiratórias

O calor e a umidade causam a proliferação de fungos no interior das residências. Nessa época do ano, é fundamental evitar o desenvolvimento do microorganismo, pois, assim, controlamos o aparecimento de crises de asma e rinite, principalmente nas crianças, que são as que mais sofrem com os sintomas das alergias. A médica coordenadora da Pediatria do Hospital Unimed Vitória, Márcia Bellote, dá algumas orientações referentes a importantes cuidados na higiene ambiental.

- O banheiro deve ter, preferencialmente, ventilação externa; possíveis vazamentos devem ser resolvidos; pias, cortinas, pisos e azulejos têm de ser higienizados com água sanitária.

- Lavar a roupa com água quente, se possível, e secá-la ao sol e passar com ferro quente.

- Manter o ambiente ventilado; evitar plantas e xaxins, que aumentam a umidade.

- Utilizar soluções fungicidas nos locais que há incidência de mofo ou bolor, como paredes e armários. Este tratamento é à base de limpeza simples, utilizando apenas água sanitária. Existem também soluções caseiras a base de vinagre e álcool, que são opções de baixo custo contra o ácaro.

- Filtros de ar e ionizadores disponíveis no mercado, além de caros, são pouco eficazes no controle de sintomas em pacientes asmáticos.

- Desumidificadores de ambiente reduzem a umidade relativa, entretanto deve-se avaliar o tamanho do cômodo onde ele será utilizado e a potência do aparelho.

- Os animais domésticos devem ser mantidos sempre limpos por carregarem ácaros em seus pelos.

- Carregar capas de travesseiro nas férias para hotéis e casas de praia também ajuda na prevenção contra ácaros.

- Outras medidas, como o controle da umidade e a eliminação de fungos, são de extrema utilidade, pois evitam a proliferação de ácaros, os mais importantes alérgenos domiciliares. Estes, também se desenvolvem em ambientes quentes (25ºC) e úmidos.

A higiene ambiental é considerada etapa fundamental no tratamento da maioria das doenças respiratórias, exatamente por prevenir que um indivíduo se torne alérgico a determinados estímulos, fato que pode agravar seus sintomas. Quando se trata de asma e rinite, estas medidas assumem ainda maior importância, uma vez que a exposição aos alérgenos domiciliares é um dos principais fatores desencadeantes dos sintomas.