Voltar

Unimed Vitória cria o Dia da Empatia

Unimed Vitória cria o Dia da Empatia

Dois dias dedicados a se colocar no lugar do outro

Unimed Vitória cria o Dia da Empatia

Dois dias dedicados a se colocar no lugar do outro

Nos dias 15 e 16 de março, gerentes e superintendentes da Unimed Vitória assumiram diversas funções diferentes das que estão acostumados a exercer. Nada de escritório e reuniões. Eles “trocaram de lugar” com outros colaboradores da linha de frente da cooperativa.

Eles foram copeiros, maqueiros, atendentes de call center, recepcionistas, apoio de almoxarifado durante um dia inteiro de trabalho. A ideia é sensibilizar quanto à importância de se colocar no lugar do outro e fazer com que as pessoas sintam na pele o poder transformador da empatia no ambiente profissional.

Olhando para o próximo 

Ao tentar se colocar no lugar do outro no ambiente de trabalho, é possível expandir a capacidade de compreensão dos problemas que premeiam o dia a dia de uma organização. “As organizações têm muito a ganhar desenvolvendo a empatia em seus colaboradores, que naturalmente passam a trabalhar mais alinhados, uma vez que compreendem e se sentem compreendidos. Isso gera coesão na equipe, e é um diferencial de mercado, que impacta na rentabilidade, gerando mais resultados”, avalia o Gerente de Recursos Humanos da Unimed, Sebastião Cosme Peres, que será maqueiro no Hospital Unimed Vitória por um dia.

Para a Assessora de Comunicação Institucional da cooperativa, Margô Devos, a empatia, aplicada de forma efetiva, tem o poder de elevar as relações interpessoais a um novo patamar, regidos pela confiança e cumplicidade. No seu Dia da Empatia, ela será copeira no Hospital e sentirá na pele todas as experiências diárias vividas por esses profissionais.

A primeira edição aconteceu em diversas unidades da Unimed Vitória, como o Hospital Unimed, Unimed Oncologia, Centro de Especialidades, Espaço do Cliente, entre outros recursos próprios.