Voltar

A influência da respiração na saúde

A influência da respiração na saúde

Ministério da Saúde orienta sobre a importância de respirar de forma correta para evitar dores e desconfortos.

A influência da respiração na saúde

28 Outubro 2016
Milhares de vezes por dia realizamos o movimento de respirar, no entanto, embora seja algo automático e natural, nem sempre é feito da melhor forma. Conforme o Ministério da Saúde, respirar não diz respeito apenas à ação de deixar o ar entrar e sair. A respiração precisa ser coordenada e regular. Respirar de forma incorreta pode levar a algumas consequências desagradáveis que incluem: dores musculares, problemas de concentração e distúrbios do sono. 

Faz parte do respirar corretamente:  
• Inspirar pelo nariz e expirar pela boca; 
• Inflar o abdômen e não apenas a parte superior do peito; 
• Fazer o ar entrar e sair sem que haja o movimento de subir e descer dos ombros. 

É fundamental estar sempre atento ao ato de respirar, especialmente ao enfrentar alguma situação de estresse. Nesse cenário, a dica principal é manter o foco e respirar calmamente para conseguir recuperar o controle da situação. Segundo informações da Faculdade de Medicina de Harvard ( Harvard Medical School), algumas técnicas de relaxamento, como meditação e yoga, estimulam a conscientização sobre a respiração e ajudam a deixar o corpo relaxado e tranquilo, pois a prática dos exercícios favorece a oxigenação dos tecidos. Abaixo estão relacionados alguns dos benefícios que a respiração correta pode proporcionar: 


 

Texto: Rafaela Fusieger / Designer: Ana Carla Bortoloni

Fonte: Ministério da Saúde / Harvard Health Publications

Conteúdo aprovado pelo responsável técnico-científico do Portal Unimed.


Média (5 Votos)
Avaliar:

COMPARTILHAR:


Cadastre-se para receber novidades e notícias

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso.

 

Uma publicação compartilhada por Unimed (@unimedbr) em