Voltar

Cuidado com a gordura abdominal

Cuidado com a gordura abdominal

Embora normalmente as mulheres estejam mais aflitas em reduzir a circunferência da cintura, a preocupação precisa também se estender aos homens, pois envolve questões ligadas à saúde.

Cuidado com a gordura abdominal

17 Outubro 2016
Não é novidade que estar com sobrepeso ou obeso é um risco para o surgimento de diversas complicações de saúde, entre elas problemas cardiovasculares e hipertensão arterial. Porém, o perigo se estende também às pessoas que têm o peso corporal proporcional à sua altura, com base no Índice de Massa Corpórea (IMC), mas a região abdominal apresenta excesso de gordura. Normalmente as mulheres, por questões estéticas, tendem a se preocupar mais com o acúmulo de gordura, no entanto, a cintura avantajada precisa ser vista como prejudicial à saúde e, portanto, um cuidado também presente no universo masculino. 
 
Para a Sociedade Brasileira de Hipertensão, a medida indicada para a circunferência abdominal não deve ultrapassar 80 centímetros para as mulheres e 94 para os homens. E como medir? 
 
1) Posicione uma fita métrica na parte mais estreita da cintura ou a partir do ponto situado na metade da distância que separa as últimas costelas da parte superior do osso ilíaco.
 
2) Puxe a fita métrica até que ele se encaixe perfeitamente ao redor do corpo, sem pressionar a pele. 
 
3) Meça a sua cintura, resistindo à vontade de “puxar a barriga para dentro”.
 
Se a sua circunferência abdominal ultrapassou a medida recomendada ou está muito próxima ao limite, é possível colocar algumas atitudes em prática que podem ajudar a reduzir a gordura acumulada na região abdominal. Perder gordura abdominal exige esforço e paciência, o processo costuma ser lento e precisa ser contínuo. 
 

 
- Preze por uma dieta saudável, incluindo frutas, legumes e alimentos integrais. Escolha fontes magras de proteína, como peixes e produtos lácteos com baixo teor de gordura (iogurte desnatado, leite desnatado, queijo de cabra, etc.). 
 
- Limite a ingestão de gordura saturada, encontrada em carnes vermelhas e produtos lácteos de alta gordura, como queijo e manteiga. 
 
- Fique atento ao tamanho das porções. Mesmo ao fazer escolhas alimentares saudáveis, é preciso lembrar que as calorias somam, por isso é importante comer com moderação. 
 
- Substitua bebidas industrializadas açucaradas por água ou suco natural. 
 
- Inclua a atividade física na rotina - pelo menos 150 minutos (2 horas e 30 minutos) de atividades físicas de intensidade moderada ou 75 minutos (1 hora e 15 minutos) de exercícios de alta intensidade por semana.
 
- Realize treinamento de força, como musculação, pelo menos duas vezes na semana, com exercícios para fortalecer o abdômen. 
 
 

Rafaela Fusieger / Designer: Ana Carla Bortoloni

Fonte: Mayo Clinic / Drauzio Varella / Ministério da Saúde / Sociedade Brasileira de Hipertensão

Conteúdo aprovado pelo responsável técnico-científico do Portal Unimed.


Média (1 Votar)
Avaliar:

COMPARTILHAR:


Cadastre-se para receber novidades e notícias

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso.

 

Uma publicação compartilhada por Unimed (@unimedbr) em