Notícias 

Veja abaixo as principais notícias e atualizações da Unimed Paranaguá.
https://www.unimed.coop.br/site/o/sites-theme/images/cards-noticias/noticias-padrao.png

Não corra risco neste verão, previna-se contra o câncer de pele

Com a chegada do verão, a exposição ao sol por longos períodos pode trazer malefícios a saúde da sua pele. Nosso especialista em dermatologia, Dr. Charles Name De Dominicis traz algumas dicas para que você possa curtir um verão mais saudável.
Texto: Comunicação e Marketing — Unimed Paranaguá
        03 de janeiro, 2022

O câncer de pele é comum em nosso país?

— O Câncer da Pele é o mais comum do mundo! O nosso Brasil acompanha esta estatística.

O Câncer da Pele mais comum é o Câncer do tipo não melanoma (Carcinoma Basocelular).

Como deve ser feito o uso correto do protetor solar?

— Ao menos, fator de proteção solar de número 30, aplicado 3 vezes ao dia, na proporção de uma colher de chá (aplicando em todo o rosto, não esquecer das orelhas e nuca). Seguir para cada área, com medidas proporcionais ao tamanho de cada área.

Dizem que protetor acima do fator 50 tem proteção “fake” isso é mito ou verdade?

— O protetor adequado é o de número 30! Passando este 3 vezes ao dia, estará protegido, o restando é mito.

Como diagnosticar um possível câncer de pele?

— Para isto precisa ir ao Dermatologista credenciado pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) que detêm o Registro de Qualificação de Especialista (RQE) e é o médico especialista APTO e examinar adequadamente o paciente. Eu sempre realizo a Dermatoscopia (aparelho que amplia em até 20 vezes os caracteres das lesões) para eu oferecer maior segurança ao meu paciente.

Quando confirmado, as chances de cura são altas?

— Depende do tipo do Câncer que é diagnosticado e do tempo que o paciente está com o Câncer. Cada tipo exige um tipo de cirurgia específica.

Pode reforçar a importância do protetor solar?

— Ele serve para a prevenção de cânceres da pele, como o Carcinoma Espinocelular e Carcinoma Basocelular. Se podem ser evitados, então, vamos usar o protetor solar!

Perigo do uso de itens caseiros para bronzeamento (há pessoas que passam pó de café) para acelerar o processo. Hoje também é muito comum autônomos que prometem as “marquinhas perfeitas” com os chamados biquínis de fita. Qual a orientação?

— A orientação técnica é a de não fazer. Nós Dermatologistas, não apoiamos métodos que oferecem risco a saúde do paciente.


 

Assuntos em destaque