RASTREABILIDADE DE MEDICAMENTOS PARA MAIOR SEGURANÇA DOS PACIENTES

RASTREABILIDADE DE MEDICAMENTOS PARA MAIOR SEGURANÇA DOS PACIENTES

23 Junho 2014


O Hospital Unimed Norte do Paraná (HUNP) é um dos mais bem equipados da região. A preocupação com a qualidade de atendimento transita por todos os setores e visa atender pacientes e familiares com conforto, rapidez e eficiência para que a saúde se restabeleça no menor espaço de tempo possível. Com instalações criadas segundo os critérios da Hotelaria Hospitalar, equipamentos de última geração e equipe capacitada, o HUNP investe constantemente em treinamentos de colaboradores e quadro clínico, assim como em novas tecnologias que aperfeiçoem os serviços prestados.  A rastreabilidade de medicamentos é um desses processos. Com o objetivo de aumentar a segurança dos pacientes, ela possibilita o monitoramento de toda medicação que vai ser administrada, desde a entrada no hospital. O registro do lote e validade dos produtos é vital para que, ao surgir algum problema, possa se localizar a origem do mesmo, solucionando-o da forma mais eficiente possível.

Aqui no hospital já estamos fazendo estudos sobre a implementação do sistema de gestão hospitalar,TASY, que gerenciará esses procedimentos, afirmou a farmacêutica Tarllis Campos Vilela, responsável pela farmácia do HUNP. No dia 21 de maio, Tarllis esteve visitando a Santa Casa de Londrina para saber como é feita a rastreabilidade naquele hospital que utiliza o sistema MV 2000 há 9 anos. Tarllis disse que foi muito bem recebida pelo Gerente de Suprimentos, Manuel e pela farmacêutica Luana, que lhe mostraram desde como é feita a entrada de materiais e  medicamentos no hospital, com a identificação dos mesmos com número do lote e validade, até a distribuição dos produtos pelos 3 hospitais (Santa Casa, Mater Dei e Hospital Infantil). Tarllis considerou a visita muito enriquecedora, sanando algumas dúvidas através da vivência dos processos.



Ana Cristina K Fernandes

Fonte: Immagio Comunicação