Voltar

Cuidados com a pele no inverno

Cuidados com a pele no inverno

A baixa umidade do ar e a queda na temperatura durante o inverno exigem alguns cuidados especiais com a pele. Saiba mais!

Cuidados com a pele no inverno

29 Junho 2018

 

No inverno, a baixa umidade do ar e a temperatura mais fria favorecem para a diminuição da transpiração da pele. É também neste tempo mais seco e frio que muitas vezes, durante o banho, abusamos da água quente. Com isso, a oleosidade natural da pele diminuiu deixando-a mais ressecada. Então, motivos não faltam para cuidar da pele também no inverno. Veja algumas dicas para mantê-la hidratada também nesses dias mais frios.

Beba, no mínimo, dois litros de água por dia. Esse hábito é importante para conservar a hidratação da pele e mantê-la macia e elástica.

 

Evite banhos quentes e o uso de buchas, pois ajudam a alterar a proteção da pele.

 

Aplique o hidratante ainda no banheiro para que o vapor ajude o creme a penetrar.

 

 

Quem tem pele oleosa deve evitar hidratante comum no rosto. Nas áreas de maior oleosidade, a Sociedade Brasileira de Dermatologia sugere o uso de hidratantes livres de óleo.

 

Para evitar rachaduras nos lábios, use hidrantes específicos para essa região.

 

Use filtro solar diariamente. Ao escolher o protetor, opte por um produto que tenha proteção contra os raios UVB, que causam queimaduras; e os raios UVA, que penetram profundamente na pele, provocam o envelhecimento precoce e predispõem ao surgimento do câncer de pele. Os raios UVA têm a mesma intensidade em qualquer estação do ano, por isso o uso do protetor solar é importante até mesmo no inverno.

Invista em uma alimentação equilibrada rica em legumes, hortaliças e frutas. A soja é rica em isoflavona, substância que evita o ressecamento e melhora a elasticidade da pele.

 

Com o ressecamento da pele, algumas doenças podem aparecer com mais frequência no inverno como as dermatites. Em caso de observar qualquer alteração na pele procure o médico.

 

 


Texto: Jailde Barreto / Design: Alex Mendes

Fonte: Sociedade Brasileira de Dermatologia

Conteúdo aprovado pelo responsável técnico-científico do Portal Unimed.


Média (1 Votar)

COMPARTILHAR:


Cadastre-se para receber novidades e notícias

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso.

 

Uma publicação compartilhada por Unimed (@unimedbr) em