Voltar

Queimadura solar: como tratar e aliviar a dor

Queimadura solar: como tratar e aliviar a dor

Não existe receita milagrosa! Entenda os diferentes níveis de queimadura e como amenizar o incômodo

Queimadura solar: como tratar e aliviar a dor

10 Janeiro 2023

Verão:
época de calor, mar ou piscina, bebidas refrescantes e …queimadura solar. Opa, aí não!

 

Cuidados com queimadura solar

O cuidado com a exposição ao sol é fundamental por causa da produção dos raios ultravioleta (UV): os raios UVA e UVB prejudicam a derme e a epiderme, respectivamente, camadas da pele sensíveis a danos.

Com isso, proteger-se dos raios solares é importante não só para evitar a temida queimadura de sol, como também para prevenir o envelhecimento precoce da pele e até mesmo um problema maior, como o câncer de pele.

Mas o que fazer se você se descuidou, exagerou na exposição ao sol e esqueceu de aplicar ou reaplicar o protetor? Como amenizar a dor, ardência, vermelhidão e outros sintomas da queimadura solar?

 

Veja a seguir alguns aspectos importantes para lidar com o problema.

A queimadura solar e seus estágios

Como aliviar queimadura de sol

O que fazer para evitar queimadura solar

 

 

A queimadura solar e seus estágios

A queimadura solar é resultado de um processo inflamatório da pele que, em maior ou menor grau, provoca dor, ardência e desconforto.

Causada pela radiação ultravioleta dos raios UVB, a queimadura de sol pode acontecer em qualquer pessoa, de qualquer idade e de qualquer cor de pele, conforme o tempo de exposição ao sol e da temperatura.

 

Ela pode ser classificada de acordo com a profundidade:

  • Queimadura de primeiro grau: é a mais leve, quando a pele fica quente, vermelha e ardendo.
  • Queimadura de segundo grau: provoca inchaço, bolhas e dor.
  • Queimadura de terceiro grau: é o estágio mais avançado e grave, atinge a camada mais profunda da pele da pele e causa bolhas e dor intensas.

 

Quanto mais queimaduras de sol uma pessoa sofre ao longo da vida, mais sua pele fica vulnerável a riscos e doenças, como o câncer de pele. Além disso, a tendência é que, com o sol “acumulado” durante os anos, a pele fique mais ressecada, com mais rugas e mais frágil.

 

Qualquer tipo de queimadura solar, principalmente as que provocam dores intensas, é muito importante consultar o médico para entender a melhor forma de tratamento.

 

Como aliviar queimaduras solares

Cuidado pós sol - queimadura solar hidratação

A primeira dica é não piorar a situação: evite puxar a pele solta, estourar bolhas ou esfoliar a região. Também não é uma boa ideia aplicar receitas e soluções caseiras com produtos que não são de uso dermatológico, como creme dental, por exemplo.

O recomendado é caprichar na hidratação: tanto da pele quanto do organismo como um todo. Eles precisam de água! Para amenizar a dor das queimaduras solares, os cuidados recomendados são:

 

☀️ 1. Escolha horários de temperaturas mais amenas (até 9h ou a partir das 16h, mas é importante observar a temperatura).
☀️ 2. Exercite-se em locais com sombra, bem ventilados.
☀️ 3. Diminua a intensidade dos treinos e faça pausas mais longas em dias muito quentes.
☀️ 4. Hidrate-se antes, durante e depois do exercício físico.
☀️ 5. Use roupas leves e que facilitem a transpiração. Dê preferência para peças em algodão e em cores claras.
☀️ 6. Use uma toalha para secar o suor à medida que se exercita.
☀️ 7. Use filtro solar e reaplique sempre que necessário.
☀️ 8. Tente se exercitar progressivamente: comece com exercícios leves, depois os moderados, e só então, os mais intensos.
☀️ 9. Busque orientação médica se você for iniciar algum tipo de exercício físico.
☀️ 10. Respeite seu corpo. Se estiver muito cansado ou com calor demais, deixe a atividade para o dia seguinte.

 

No caso de queimaduras solares em bebês e crianças, com bolhas e febre, consulte o pediatra.

 

O que fazer para evitar queimadura solar

 

A sabedoria popular está corretíssima: é melhor prevenir do que remediar. Por isso, independentemente de qual seja a cor da sua pele, o recado é o mesmo: é preciso se proteger contra os raios solares todos os dias – e ter cuidados redobrados com o sol do verão.

Confira quais são esses cuidados:

 

 

Como evitar queimadura solar

 

 

Uso do filtro solar

Aplique diariamente filtro solar com fator de proteção 50 ou superior, mesmo que esteja frio ou nublado. Use no rosto, pescoço e pelo corpo todo, espalhando em todas as áreas, sem se esquecer do dorso das mãos, pés, joelhos e orelhas. Reaplique a cada 2 horas e após sair do mar, piscina ou transpiração intensa.

 

Cuidado com a exposição ao sol

Evite se expor ao sol entre 10h e 16h. Se estiver na praia ou na piscina, busque ficar na sombra ou sob a proteção do guarda-sol ou barraca, e lembre-se de ter sempre uma garrafinha de água com você.

 

Roupas e acessórios adequados

Além do uso do protetor solar, roupas de manga longa e com tecidos com fator de proteção UVB também são uma boa forma de proteção solar. Para proteger o rosto, aposte em bonés ou chapéus de aba larga. Procure utilizar óculos escuros que tenham proteção contra os raios UV.

 

 

 

 

 

Fazer exercícios físicos no verão também pede cuidados para não sobrecarregar o organismo. Confira nossas dicas!

 

 

Fontes: SBDUFRGS | SBDFL


Agência Babushka | Edição e Revisão: Unimed do Brasil

Revisão técnica: equipe médica da Unimed do Brasil


Média (0 Votos)

COMPARTILHAR: