Voltar

Refluxo: como evitar o desconforto

Refluxo: como evitar o desconforto

Neste quiz, entenda mais sobre o refluxo gastroesofágico e saiba como amenizar o problema

Refluxo: como evitar o desconforto

26 Março 2018

A Doença do Refluxo Gastroesofágico (DRGE) ocorre quando a válvula, chamada de esfíncter esofágico inferior, se abre quando deveria ficar fechada, deixando passar o conteúdo do estômago para o esôfago. O retorno frequente do ácido do estômago pode causar muitos desconfortos além de irritação no revestimento do esôfago. Conheça mais sobre a doença neste quiz e saiba como amenizar e evitar os sintomas.

 

esfíncter fechadoesfíncter aberto

 

1 - O refluxo é apenas um desconforto e não precisa ser tratado.

Informação adicional:
O refluxo é uma doença crônica que deve ser tratada a fim de evitar os desconfortos causados pelo retorno do ácido presente no estômago, como azia, dores no tórax, dificuldade de deglutição, tosse, dor na garganta, regurgitação de alimentos e sensação de nó na garganta, além de eventuais complicações futuras.

2 - A alimentação é a única maneira de prevenir a Doença do Refluxo Gastroesofágico.

Informação adicional:
A alimentação pode ser responsável pelo refluxo, mas não é fator determinante. Excesso de peso, tabagismo, consumo frequente de álcool, hérnia de hiato e gravidez também colaboram para o aparecimento do refluxo.

3 - Não existe tratamento para o refluxo.

Informação adicional:
Além de medicamentos que podem ser receitados pelo médico, mudanças nos hábitos podem amenizar ou eliminar os sintomas do refluxo. Evitar café, bebidas alcóolicas, frituras, comidas gordurosas, alimentos cítricos, controlar o peso, não fumar, dormir de duas a três horas após as refeições e não usar roupar e cintos apertados são algumas das medidas.

4 - O refluxo, quando não tratado, pode desencadear outras doenças.

Informação adicional:
Alguns problemas podem se manifestar quando o refluxo não é tratado. A esofagite, por exemplo, é uma inflamação no esôfago provocada, dentre outros fatores, pelo retorno do ácido gástrico. Outros problemas podem surgir como o estreitamento do esôfago, úlcera ou alterações pré-cancerosas.

5 - O estresse pode causar refluxo.

Informação adicional:
O estresse é um dos fatores de risco para o refluxo. Isso ocorre porque em momentos de tensão o organismo libera hormônios que podem aumentar a secreção de suco gástrico. Práticas como ioga e meditação ajudam a diminuir o estresse e a ansiedade.

Fim do teste

Você acertou das questões
Clique no botão abaixo para refazer o teste.

Texto: Jailde Barreto / Design: Carolina Moura | Alex Mendes

Fonte: Mayo Clinic/ Hospital Albert Einstein

Conteúdo aprovado pelo responsável técnico-científico do Portal Unimed.


Média (3 Votos)
Avaliar:

COMPARTILHAR:


Cadastre-se para receber novidades e notícias

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso.

 

Uma publicação compartilhada por Unimed (@unimedbr) em