Voltar

Xô, micróbios!

Xô, micróbios!

Determinadas atitudes relacionadas à higiene auxiliam o corpo a se proteger contra doenças disseminadas por micróbios

Xô, micróbios!

19 Janeiro 2011


Diariamente, o acúmulo de compromissos e atividades pode fazer as pessoas viverem com pressa e agindo de forma quase automática. Por causa disso, simples hábitos como lavar as mãos após manusear objetos de uso comum são muitas vezes deixados de lado. No entanto, a maneira como agimos no dia-a-dia pode influenciar na capacidade do organismo em se proteger contra micróbios propagadores de doenças.

Relembre atitudes relacionadas à higiene que ajudam na defesa do corpo:

¿ Lave bem as mãos, principalmente após:
• Mexer em dinheiro;
• ir ao banheiro;
• utilizar transporte coletivo;
• ir à praia;
• usar escadas rolantes;
• ter contato com teclado de computador.

¿ Adote hábitos de higiene na academia:
• Limpe os equipamentos com papel e álcool a 70% antes de utilizá-los;
• leve sempre uma toalha para usar durante os exercícios.

¿ Aumente a segurança da comida:
• Quando precisar descongelar carnes, utilize a geladeira ou o micro-ondas. Não as deixe em temperatura ambiente;
• ao cortar alimentos, prefira tábuas de vidro ou de plástico às de madeira;
• em bares e restaurantes, evite pedir bebidas com rodela de laranja ou limão, pois, através da casca que vai junto dentro do copo, podem conter muitos micróbios;
• descubra aqui se você conserva corretamente os alimentos;
• a sua cozinha passa na prova da higiene? Faça o teste e confira.

¿ Não descuide da vacinação:
• A vacina da gripe requer aplicações anuais;
• quem vai viajar deve se informar se o local de destino requer alguma vacina. Antes de ir para o interior do Brasil, por exemplo, é importante se proteger da febre amarela;
• Acesse a Cartilha Vacinação do Adulto e saiba mais sobre vacinas.

¿ Garanta a limpeza da água:
• Lave frequentemente o recipiente em que fica a água que você bebe;
• fique atento às datas de troca da vela dos filtros.



Taise de Queiroz Bertoldi

Fonte: Revista Saúde (Setembro 2010).

Conteúdo aprovado pelo responsável técnico-científico do Portal Unimed.


Média (0 Votos)

COMPARTILHAR:


Cadastre-se para receber novidades e notícias

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso.

 

Uma publicação compartilhada por Unimed (@unimedbr) em