Em janeiro de 2004, surgia a Central Regional de Cooperativas Médicas Unimed Cerrado. Inicialmente, ela foi criada dentro da Federação das Unimeds dos Estados de Goiás, Tocantins e do Distrito Federal, através de um projeto de reposicionamento de marca e com um grande desafio: promover a fusão das quatro singulares do Norte goiano. A ideia era reduzir custos e, mais tarde, tornar-se uma operadora regional. Na época, com a fusão e a transferência de carteira, a Cerrado atendia aproximadamente 10.500 clientes.

 

Entre 2004 e 2018, a Unimed Cerrado compartilhou com a Federação tanto as funções de representante institucional do Sistema Unimed em Goiás, no Tocantins e Distrito Federal, quanto de operadora responsável pela gestão das carteiras de quatro Unimeds do Norte goiano.

 

Na gestão da Federação 2014/2018, foi desenvolvido o processo de desmembramento. Foi quando separou a parte operacional das singulares do Norte Goiano para a Unimed Cerrado. Com novos desafios, o objetivo era oferecer um novo modelo de governança e readequações, buscando reposicionamento no sistema Unimed, para que a Cerrado tornasse uma operadora regional, sendo que a Federação permaneceria com o objetivo institucional.

 

Em abril de 2018, foi empossada a atual diretoria-executiva da Unimed Cerrado, constituída pelo Dr. José de Oliveira como diretor-geral e pela Dra. Shirley Gonçalves de Pádua como vice-presidente, representantes das singulares do Norte goiano.

 

Desde o dia 1º de janeiro de 2019, a Federação adotou o nome Federação Centro-Brasileira e retomou seu papel original como provedora de integração e desenvolvimento das Unimeds filiadas. Já a Unimed Cerrado atua exclusivamente com a operação de planos de saúde, sendo responsável pela gestão das carteiras de clientes das singulares prestadoras Unimeds Goianésia, Poragantu, Norte Goiano (Uruaçu) e Vale do São Patrício (Ceres).

 

Prestes a completar 18 anos, a Unimed Cerrado vem buscando um trabalho conjunto com as Unimeds Prestadoras, Unimeds do sistema regional e norteada pela Federação Centro-Brasileira. Atualmente, a instituição conta com mais de 31 mil beneficiários atendidos. A operadora preza por promover saúde de maneira sustentável, difundindo a cultura cooperativista e coloca-se pronta para apoiar outras Unimeds interessadas em compor o projeto Operadora-Prestadora.