Voltar

Projeto Música em Movimento no HUI

Projeto Música em Movimento no HUI

Com mais de duas horas de apresentação, com um repertório variado para todos os gostos, o projeto rompeu a rotina do Hospital Unimed Itapetininga, alegrando e encantando

Projeto Música em Movimento no HUI

Com mais de duas horas de apresentação, com um repertório variado para todos os gostos, o projeto rompeu a rotina do Hospital Unimed Itapetininga, alegrando e encantando

O som cativante do violino e do violoncelo alegrou o Hospital Dr. José Silva Dantas Filho, da Unimed Itapetininga, na manhã do último sábado (27/07), com o projeto “Música em Movimento”. Heber Flanklin Marcelo dos Santos, violinista, e Erick David dos Santos, violoncelista, percorreram todos os setores do Hospital Unimed Itapetininga, encantando pacientes, visitantes e colaboradores. Foram mais de duas horas de apresentação, com um repertório variado para todos os gostos, rompendo a rotina do local.

A alegria foi contagiante e animou a todos. “A música traz alegria liberando a serotonina, uma ajuda externa para a imunidade. A música sempre será o alimento para a alma, através da música há reação. É o trabalho humanizado com a ajuda da melodia, marca a experiência que o hospital está buscando”, conta a dr.a Ivani Vieira, médica-cardiologista da Unimed Itapetininga.

O jovem dueto de violino e violoncelo começou na Capela Ecumênica do Hospital Unimed Itapetininga, indo para à frente da UTI adulto, passando pelo Bloco 5, Bloco 3, recepção da internação e Pronto Atendimento. “Adorei a iniciativa! Estou internada no hospital e a ação alegrou o meu dia. Amo música. É bom para a alma, anima. Sempre acaba alegrando, é ótimo e eu até dancei”, diz Eunice Galvão Nogueira Amaral, beneficiária da Unimed Itapetininga.

Antônio Branco tem apenas três dias, um recém-nascido lindo que no colo dos pais já pode embalar no sono ao ritmo da canção tocada. “Achei incrivel, a música faz a diferença, deixa o ambiente mais leve. Podem vir mais vezes, principalmente à noite para ajudar o Antônio a pegar no sono”, brincam os pais Bruno Branco e Talita Maria.

Foi a primeira vez que os músicos formados no Conservatório de Tatuí tocaram na Unimed Itapetininga. “Temos um trabalho bem legal no qual nos apresentamos no hospital em Tatuí, mas na Unimed Itapetininga foi a primeira experiência. Gostamos muito, foi um dia muito feliz. O feedback é positivo, está nos sorrisos que recebemos. A música lida com sentimentos, é estimulante!”, acrescenta Heber Flanklin, violinista.

Contribuindo para a humanização do ambiente hospitalar, no estreitamento da relação entre os pacientes, visitantes, colaboradores e músicos, aliviando sofrimentos e alegrando, no repertório musical tocado estavam canções como “All of me”, “Viva la Vida”, “Aleluia”, “Menino da Porteira”, “Despacito”, “Tico Tico no Fubá”, tema do “Rei Leão”, “Bela e a Fera”, “Titanic”, dentre outros grandes sucessos. “A música tem o poder da transformação do ambiente, de acolher e marcar a experiência hospitalar com a experiência musical, isso é muito positivo. É muito significativo na humanização e ressignificativo para os pacientes”, finaliza Maria Júlia Monteiro de Carvalho, psicóloga da Unimed Itapetininga.

A Unimed Itapetininga agradece os músicos Heber Flanklin Marcelo dos Santos e Erick David dos Santos pela disponibilidade, boa vontade e parceria.

 

Clique aqui para conferir as fotos.