Voltar

Curso promovido pela Unimed Noroeste/RS qualifica Cuidadores de Idosos

Curso promovido pela Unimed Noroeste/RS qualifica Cuidadores de Idosos

Curso promovido pela Unimed Noroeste/RS qualifica Cuidadores de Idosos

8 Outubro 2019

Como forma de fortalecer ações de atenção à saúde, a Unimed Noroeste/RS deu início no sábado, 5, ao Curso de Cuidadores de Idosos, uma iniciativa em parceria com a Central Nacional Unimed e o Senac. Como parte do programa Unimed Ativa, instituído nacionalmente, o curso tem como objetivo contribuir com a cidadania e a qualidade de vida da pessoa idosa. A primeira aula foi ministrada pela enfermeira e professora Deisi Zottis, quando houve apresentação da metodologia e abordagem de tema relacionado aos princípios e a ética, visando uma boa comunicação e, consequentemente, um trabalho efetivo. Mais de 40 alunos estão sendo qualificados.

Conforme Deisi Zottis, este é um curso de formação e informação técnica, através do qual os participantes estarão aptos para cuidar de um idoso com todas as suas complexidades. “O índice da população idosa aumentou e cada vez mais é preciso estar preparado para atuar com esse público”, observa a professora.

O curso é composto tanto por abordagem técnica, quanto por conteúdo sobre vivências de interação social com o idoso e seus familiares. Os alunos também serão orientados sobre temas como cuidados com a higiene do corpo e couro cabeludo, saúde bucal, administração de medicamentos, relacionamento, mudança de decúbito, primeiros socorros, acidentes domiciliares, entre outros. A próxima etapa do curso ocorre através de sistema de educação à distância. Após concluírem as aulas on-line, a turma terá mais dois encontros presenciais, nos dias 23 e 30 de novembro, no Senac de Ijuí.

Para o diretor de Desenvolvimento Humano e Sustentabilidade da Unimed Noroeste/RS, médico Volnei Malheiros, este é um curso que tem muito a agregar em diversos aspectos. “O projeto contribui e capacita aquelas pessoas que já vêm desempenhando o papel de cuidador, seja de um familiar ou tendo essa atividade como profissão. O conhecimento técnico irá somar-se à vocação, oportunizando orientações de como proceder em cada situação, potencializando os cuidados e evitando complicações na saúde dos idosos”, pontua o gestor.


Média (0 Votos)

COMPARTILHAR: