Voltar

Hospital Unimed intensifica ações que estimulam mobilidade dos pacientes

Hospital Unimed intensifica ações que estimulam mobilidade dos pacientes

Hospital Unimed intensifica ações que estimulam mobilidade dos pacientes

11 Julho 2019

Sete dias de repouso no leito pode reduzir a força muscular em 30%. Porém, a cada semana que passa, esse prejuízo se intensifica e a perda aumenta 20%. Os dados atentam para a importância do paciente permanecer mais tempo fora do leito, caminhar e realizar suas atividades básicas, como forma de manter-se ativo, mesmo durante a internação. A campanha “Movimento é vida”, lançada pelo Hospital Unimed Noroeste/RS, tem intuito de promover a saúde em ambiente hospitalar a partir da educação, fortalecendo rotinas já desenvolvidas pela instituição e sensibilizando ainda mais a equipe assistencial para estimular esta prática entre os internados.

“É importante que, se não houver restrição, o acompanhante seja orientado e o paciente estimulado a, de forma segura, permanecer mais tempo fora da cama, caminhar, tomar banho de chuveiro e manter-se mais ativo durante o período de permanência hospitalar”, aconselha a coordenadora do Serviço de Fisioterapia, Fabiane Mazzurana. Segundo a profissional, são métodos que contribuem na preservação da força muscular, prevenindo agravos gerados pelo imobilismo, como, inclusive, a redução da capacidade respiratória, que pode diminuir de 25% a 50% a cada semana de internação, caso o paciente mantenha-se restrito ao leito.

A partir do teatro “Tenda da Mobilidade”, a campanha está sendo disseminada entre a equipe assistencial multidisciplinar, especialmente para profissionais de Enfermagem e Fisioterapia, contando a história da personagem fictícia “Juvelina”, durante e após a internação. Para a mobilização do quadro de colaboradores também foram afixados cartazes em locais estratégicos do hospital. “A ação ‘Movimento é vida’ compromete toda a equipe na preservação da mobilidade dos nossos pacientes, tornando-os protagonistas do seu próprio processo de recuperação”, reitera Fabiane.

Os cuidados precisam ser mantidos também no domicílio. Desta forma, tanto no ambiente hospitalar quanto em casa, familiares e cuidadores exercem papel fundamental no incentivo do paciente à reabilitação ou manutenção da saúde. “Nosso trabalho é focado no cuidado integral”, finaliza a fisioterapeuta do Hospital Unimed.


Média (0 Votos)

COMPARTILHAR: