Voltar

Unimed orienta futuros pais pelo Clube da Gestante

Unimed orienta futuros pais pelo Clube da Gestante

Unimed orienta futuros pais pelo Clube da Gestante

9 Agosto 2018

“O Clube da Gestante foi uma sementinha plantada em 2007, antes do Hospital completar dois anos. Pensamos em algo que ajudasse os pais se sentirem mais acolhidos pela Unimed e assim saberem as condutas do nascimento. Pra quem trabalha aqui é muito natural, mas a grande maioria não tem essa vivência de entrar em uma sala cirúrgica ou de imaginar um parto cesáreo ou normal, o banho do nenê. Assim, nasceu o Clube. Na época com 12 casais, foi tomando proporção”. Com este depoimento, a coordenadora de Enfermagem do Hospital Unimed Noroeste/RS, Danieli Ciotti, marcou o encerramento da 33ª edição do projeto nesta quarta-feira, 8.

Em meio a emoção de sua própria gestação, Danieli revela a sensação de ter acompanhado o Clube como “expectadora” também. “Eu não me imaginava do outro lado, mas sempre sonhava. E as edições desse ano foram especiais. Vivi toda emoção que é a de carregar um filho no ventre, sentir ele mexer”. E finalizou com um apelo: “vamos amamentar muitos nossos bebês”.

A 33ª edição - Durante o Clube da Gestante, os pais puderam se familiarizar com a estrutura, a rotina e os procedimentos para o dia do parto. Nos encontros semanais, tiveram espaço para esclarecimento de dúvidas e orientações de condutas práticas com a mãe e o bebê, com o envolvimento de profissionais das áreas de Pediatria, Ginecologia e Obstetrícia, Enfermagem, Nutrição, Fisioterapia e Psicologia. Para o casal Edeline e Daniel Oliveira, a espera da Alícia, o Clube superou as expectativas. “Grávidos” do primeiro filho, consideram completo, visto que abrange temas sobre todas as fases da gestação e, principalmente, todos os cuidados necessários com o bebê.

“Realizar uma visita à maternidade, conhecer a estrutura montada e aprender os procedimentos que serão realizados no dia do nascimento do bebê foi uma experiência muito boa, que vai ajudar bastante”, revela o futuro pai. “Contribuiu bastante e ajudou a agregar conhecimento, desde os cuidados na gestação até a preparação para a chegada do bebê. Estes momentos com certeza me ajudarão a tornar uma mãe melhor”, descreve Edeline, que está com 22 semanas de gestação.

A satisfação foi reforçada por Deize Franciele Soares, que está com 34 semanas da primeira gestação, e acompanhou o Clube na companhia do futuro pai Fabian Martinelli Gonçalves. “Foi um aprendizado muito grande. Todos os temas foram abordados amplamente, inclusive com atividades práticas”, reitera a gestante que espera o pequeno Enrico.

No último encontro, a abordagem ficou por conta da psicóloga Giovana Preichardt Rodrigues, da área de Medicina Preventiva, que reforçou a importância da estruturação psíquica do casal. “Precisam estar bem para promover o melhor para o filho”, reforça.


Média (0 Votos)

COMPARTILHAR: