Voltar

CAS promove melhorias sugeridas pela vigilância sanitária

CAS promove melhorias sugeridas pela vigilância sanitária

CAS promove melhorias sugeridas pela vigilância sanitária

9 Março 2021

No início do mês de fevereiro, o Centro de Atenção à Saúde – CAS de Pato Branco, recebeu a visita da equipe da Vigilância Sanitária. O objetivo foi verificar as condições higiênico-sanitárias do estabelecimento e cumprimento das legislações sanitárias. 


Entre as melhorias apontadas pela equipe estiveram: a apresentação do Plano de Manutenção, Operação e Controle – PMOC, do sistema de climatização; acondicionamento correto dos materiais utilizados, na sala de limpeza; apresentação do teste biológico referente ao mês de dezembro de 2020; comprovação do monitoramento do processo de limpeza com o auxílio de lentes de imagem e de no mínimo oito vezes; apresentação do contrato com serviço terceirizado (empresa processadora Sterile), apresentação da validação do processo de esterilização; microfissuras na embalagem de materiais estéreis comprometendo sua integridade; falta da identificação e avaliação do resultado do teste de Bowie & Dick; apresentação do laudo de análise da qualidade da água de enxágue da central de material esterilizado; apresentação dos registros de qualificação de instalação; operação e desempenho do equipamento utilizado na limpeza automatizada de produtos de saúde; apresentação da calibração da seladora; medicamentos com data de validade expirada; presença de almotolias contendo álcool 70% sem identificação de data de envase e validade e apresentação do laudo de limpeza da caixa d’água. 


Dentre as melhorias realizadas, de acordo com a supervisora de gerenciamento da saúde, Ana Carolina Cerutti Bonatto, estão: o acondicionamento de todos os materiais imersos em água na sala de limpeza; a verificação do resultado do exame do teste biológico e com salvamento conforme rotina; realização do orçamento das lentes (no mínimo 8 vezes), para o monitoramento do processo de limpeza; orientação à equipe responsável em relação as microfissuras dos materiais estéreis; padronização da utilização do resultado do teste de Bowie & Dick, com a conferência pela área de enfermagem com o fornecedor, identificação do porquê quando se realiza o teste não muda a cor; validação para seis meses dos produtos (devido ao uso da lavadora ultrassônica); verificação no manual da seladora aonde menciona que não tem necessidade de calibrar; qualificação da lavadora ultrassônica com a empresa com a qual foi comprada e revisão dos POPs e Its, para o processo de validação da lavagem.  


As melhorias foram desenvolvidas e alinhadas com as técnicas de enfermagem Anna Paula Girardi, Bibiane Mayer Vargas e Maria Cleide Kurpel dos Santos. 

 

As melhorias desenvolvidas foram alinhadas pela supervisora de gerenciamento da saúde, Ana Carolina Cerutti Bonatto com as técnicas de enfermagem Anna Paula Girardi, Bibiane Mayer Vargas e Maria Cleide Kurpel dos Santos