Voltar

Programa Viver Mais Saudável premia colaboradores por melhor desempenho

Programa Viver Mais Saudável premia colaboradores por melhor desempenho

Programa Viver Mais Saudável premia colaboradores por melhor desempenho

5 Fevereiro 2021

O Programa Viver Mais Colaboradores entregou, no dia 28 de janeiro, os prêmios para os colaboradores que cumpriram com todos os desafios propostos pelo Programa e tiveram 100% de frequência. 


Foram premiadas quatro colaboradoras: Ângela Betini de Jesus Coimbra, que recebeu um relógio para atividade física Mi Band 5 (versão global) mais uma cesta de frutas adquirida no Supermercado Patão. Cleide Raulino, que recebeu um relógio para atividade física Mi Band 5 (versão global), mais um brinde do Celeiro Nacional. Marta Hadassa Sangaletti, que recebeu um relógio para atividade física Mi Band 5 (versão global), mais um cooler de 5 litros com comida congelada, da empresa Vida Mais Fit e Regina Ribeiro de Lima, que recebeu um relógio para atividade física Mi Band 5 (versão global), mais cinco pratos de comida congelada da empresa Tanta Leveza. 

 

Programa Viver Mais Saudável

Criado com o objetivo de auxiliar os colaboradores a desenvolverem práticas saudáveis, focadas na alimentação, exercícios físicos, autocuidado e saúde mental, o Programa Viver Mais Saudável foi descrito e elaborado pela nutricionista Dayane Cristina Stanqueviski e psicóloga Josiane Maass. 


De acordo com elas, a ideia inicial era um projeto para os beneficiários, focando na prevenção do alto índice de obesidade, obesidade mórbida e a procura por cirurgia bariátrica. Contudo, com a pandemia, o projeto foi adiado e surgiu a ideia de desenvolver uma versão para os colaboradores, integrando às ações do Programa Viver Mais Colaboradores.


A colaboradora Cleide Raulino destacou que foi válido participar do Programa, pois a forma como as ações foram conduzidas possibilitou cuidar da saúde com a mudança de hábitos simples, no dia a dia. “Uma ação que eu gostei foi o compartilhamento das nossas experiências, através dos desafios, com os quais pudemos nos ajudar no cumprimento dos nossos objetivos”. 


A colaborada Marta Hadassa também gostou da experiência de participar do Programa, principalmente pela metodologia utilizada. “Eu aprendi muito na parte de organização e realização das atividades físicas, pois tínhamos desafios diários e semanais, que foram importantes para o cuidado com a saúde”, destacou. 


A iniciativa durou oito semanas, de outubro a dezembro de 2020, e contou com a inscrição de 58 colaboradores, dos quais, 41 participaram dos encontros online, realizados semanalmente nas segundas ou terças-feiras. Também foi criado um grupo no WhatsApp para orientações, envio de receitas e para que os participantes enviassem fotos cumprindo os desafios semanais e desafios extras.


Na visão das colaboradoras Dayane Stanqueviski e Josiane Maass, a realização do projeto foi gratificante e serviu como base para elas analisarem a construção de um projeto semelhante para ser aplicado com os beneficiários. “Foi desafiador realizar o grupo no modelo online e com colegas de trabalho. Contudo, a maioria se engajou muito nos desafios propostos e participou de todas as atividades”, destacaram. 

Outras edições 
Apesar de alguns colaboradores terem demonstrado interesse em participar do programa, caso outras edições sejam realizadas, as idealizadoras do Programa ainda não sabem se uma nova edição será ofertada, pois o objetivo agora é criar um programa semelhante para os beneficiários. 

 

Entrega dos prêmios para as colaboradoras Cleide Raulino e Marta Hadassa Sangaletti, pelas idealizadoras do Programa, Dayane Stanqueviski e Josiane Maass

 

Ângela Betini de Jesus Coimbra, colaboradora do CAS de Coronel Vivida que também recebeu prêmio pelo Programa, através da enfermeira Taciely de Oliveira Flores Zulpo

 

Regina Ribeiro de Lima, colaboradora que atualmente está no Posto Avançado de Clevelândia e recebeu a premiação através do enfermeiro Osvaldo Luiz Schreiner da Cruz