Voltar

Junho Vermelho no Hospital Unimed Itumbiara

Junho Vermelho no Hospital Unimed Itumbiara

Junho Vermelho no Hospital Unimed Itumbiara

24 Junho 2021

O mês de Junho é conhecido internacionalmente como “Junho Vermelho”, com referência à doação de sangue e o dia 14 foi escolhido para prestigiar as pessoas que são doadoras.

A data foi criada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2014, como uma homenagem ao nascimento do imunologista austríaco Karl Landsteiner, que descobriu o Fator RH (+ ou -), as diferenças entre os tipos sanguíneos e também uma referência aos voluntários que ajudam a salvar milhões de vidas anualmente.

Mas, tão importante quanto conscientizar a população sobre a importância de ser doador é alertar os profissionais de saúde sobre o uso racional do sangue e dos cumprimentos de todos os protocolos envolvendo a hemotransfusão.

Pensando nisso, e inspirados na campanha da Unimed Brasil “Salvar vidas está no sangue”, a diretoria clínica do Hospital Unimed desenvolveu uma ação para a equipe de saúde relembrar os procedimentos e as informações que envolvem estes processos.

Durante a blitz da saúde, nos setores do Hospital, o público alvo da campanha recebeu orientações sobre a transferência de um hemocomponente ou hemoderivado.

Para a médica responsável pela ação, Dra. Edilene Abdo Rodrigues Pires, o fundamental é a segurança de todos os envolvidos. “A campanha do Junho Vermelho tem o intuito de divulgar o protocolo de hemotransfusão do Hospital Unimed. Sangue pode salvar vidas, mas ele precisa ser bem indicado. Nos preocupamos com a segurança de todos que fazem parte do processo: pacientes, médicos e a instituição. É um momento de alertar os profissionais de saúde para que eles avaliem se o paciente tem benefícios com a hemotransfusão e quais são eles. E caso tenha alguma complicação durante o ato, que eles saibam como agir corretamente. Portanto, nosso maior objetivo é a segurança do procedimento e o incentivo ao uso racional do sangue”.

O Hospital Unimed oferece ao corpo clínico um serviço da agência transfusional disponível 24h para quem precisar prescrever o hemocomponente. Inclusive com  uma equipe de referência técnica à disposição para tirar dúvidas e discutir casos com alto nível de complexidade. Também é importante lembrar que o protocolo, disponível na instituição, é uma ferramenta que auxilia nas decisões, para que os médicos, ao indicar estes procedimentos, tenham uma atitude assertiva e consciente.