Unimed Poços reúne profissionais de saúde para debater a segurança e a experiência do paciente

        03 de maio, 2022

A Segurança do Paciente é um tema relativamente novo, cujos conceitos começaram a ser abordados no final da década de 90, mas de extrema importância para todos os serviços de saúde. Para compartilhar conhecimentos e trocar experiências, a Unimed Poços promoveu, no dia 28 de abril, o Simpósio de Segurança e Experiência do Paciente. O evento teve a participação de profissionais de saúde da Unimed Poços e de outros hospitais do município e região, além de Rosilene de Oliveira Faria, secretária-Adjunta de Saúde da cidade.

Odilon Trefíglio Neto, presidente da Unimed Poços abriu o evento destacando que aquele era um dia muito especial. “Estamos muito felizes de poder reunir tantos profissionais da área de saúde para debater um tema tão importante como este”, disse. “A troca de conhecimentos e informações contribuirão, sem dúvida, para construirmos uma cultura cada vez mais forte de segurança do paciente, não só no nosso Hospital, como nos demais da cidade”.

Paulo Januzzi, diretor de Relacionamento com o Cooperado; Marlene Santos, gerente do Hospital Unimed Poços; José Júlio Balducci, diretor do Hospital Unimed Poços; Salvador Gullo e Elaine Luciana Sonehara, palestrantes, e Odilon Trefiglio Neto, presidente da Unimed Poços

A programação se estendeu durante toda a tarde, iniciando-se com a palestra do médico americano Michael Ramsay, presidente Emérito do Departamento de Anestesiologia e Tratamento da Dor do Baylor University Medical Center em Dallas, Texas; CEO do Patient Safety Movement Foundation e desenvolvedor da Ramsay Sedation Scale, medida de interpretação da profundidade da sedação para pacientes em unidades de terapia intensiva, adotada em todo o mundo. Mediado por Salvador Gullo, cirurgião Geral, doutor em Ciências da Saúde, professor universitário e CEO da plataforma Safety4Me, Ramsay falou sobre a Segurança do Paciente nos Estados Unidos. Também abrilhantou o evento a enfermeira Elaine Luciana Sonehara, avaliadora e educadora do CBA, Consultora e executiva em Saúde, que apresentou o tema Experiência do Paciente e Colaborador: um passo adiante na humanização do cuidado em saúde. Também foram promovidas duas mesas-redondas sobre Cases de Ações e Desafios das Instituições de Saúde de Poços de Caldas e Cases de Humanização, com a participação de profissionais da Unimed Poços, da Donato Hospital de Olhos e Santa Casa de Poços de Caldas. O encerramento foi emocionante, com a apresentação do Coral do Lar Criança Feliz, apoiado pela Unimed Poços por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura.

O médico José Júlio Balducci, diretor do Hospital Unimed Poços, agradeceu os palestrantes e a sua equipe, e reforçou o impacto do Simpósio. “Todo o aprendizado desta tarde será transferido aos nossos pacientes na forma de mais qualidade e segurança no atendimento”, ressaltou.

Ao avaliar o Simpósio, o médico Salvador Gullo, destacou que hoje tem-se um entendimento diferente sobre segurança do paciente, e que erros e falhas podem ser evitados através de protocolos e processos simples. “A Unimed Poços está cada vez mais engajada e comprometida com a segurança do paciente e um exemplo é este evento”, disse o médico. “Ter uma organização de saúde como a Unimed Poços que se dispõe a levar este tema para a comunidade é muito relevante.  Somos humanos, as falhas podem acontecer e precisamos aprender com os erros para, cada vez mais, termos uma indústria de saúde segura e saudável para todos os nossos pacientes. Esta foi a grande importância do Simpósio”.

Durante o Simpósio, Salvador aproveitou para fazer um convite especial – que foi aceito - para o Hospital Unimed Poços integrar a Patient Safety Movement Foundation, movimento que reúne as organizações que se comprometem a trabalhar para atingir “Zero” danos e mortes evitáveis até 2030. A Unimed Poços será o segundo hospital do Brasil a integrar o Movimento; o outro é o Ernesto Dornelles, de Porto Alegre (RS). No mundo são 56 hospitais e a rede alcança 68 países.