Voltar

Alimentos saudáveis e gostosos para o inverno

Alimentos saudáveis e gostosos para o inverno

Bateu aquela vontade das comidinhas típicas do inverno? Então acerte no cardápio com essas dicas de alimentação para cuidar da saúde nesta época do ano

Alimentos saudáveis e gostosos para o inverno

3 Julho 2019

Com a queda nas temperaturas em algumas regiões do Brasil, o desejo por alimentos quentes, saborosos e mais cremosos aumenta. Se de um lado o nosso metabolismo precisa de mais energia para manter a temperatura corporal - ou seja, o nosso gasto energético aumenta sem a gente ter de fazer muito esforço -, por outro, acabamos por não usar esse componente a nosso favor, realizando refeições altamente calóricas, que podem comprometer o peso e a saúde.

 

A tendência é comermos alimentos mais calóricos no Inverno. Mas é possível comer de forma saudável durante todo o ano! Para mais dicas de alimentação saudável, clique e veja nosso artigo exclusivo sobre o assunto!

 

De acordo com informações do Departamento de Nutrição do Hospital Sírio Libanês (SP), o ideal é que a alimentação continue saudável, variada e colorida, como ocorre nas demais estações do ano. Mas você pode fazer algumas mudanças positivas na rotina, tais como:

  • Aumentar o consumo de alimentos quentes, mas com variações menos calóricas e mais nutritivas

  • Se atentar para beber mais água, já que sentimos menos sede nesta época

  • Não deixar de lado o consumo de frutas, legumes e verduras, tão importantes para o bom funcionamento do organismo

Deixe de lado alimentos gordurosos

É comum nessa época bater aquela vontade de consumir alimentos quentinhos, como sopas, caldos, fondues e das bebidas quentes, em especial, os chocolates cremosos. No entanto, como são opções muito calóricas, elas podem fazer você terminar a estação com alguns quilinhos a mais, além de poder causar prejuízos às artérias e ainda levar ao desenvolvimento de doenças crônicas como diabetes, obesidade e hipertensão. Tudo isso por causa do excesso de gordura.

Por isso fique atento a essas dicas do Departamento de Nutrição do Hospital Israelita Albert Einstein (SP) e evite:

  • Várias fontes de carboidratos como batata, mandioquinha, cenoura, arroz e macarrão na mesma sopa

  • Incrementar as sopas e os caldos com queijos e creme de leite

  • Fondues preparados com vários tipos de queijo, chocolate, e ainda acompanhados por pães e doces

  • Chocolates quente feitos com creme de leite, sorvete ou chantili

Incremente as suas receitas:

  • Na hora de preparar a sopa, acrescente vegetais como couve, abóbora, abobrinha, chuchu, couve-flor, brócolis, repolho, tomate, espinafre, beterraba e cenoura. Esses ingredientes engrossam caldos das sopas, são nutritivos e pouco calóricos

  • Incremente a sopa com carnes ou cortes de frango magros, que são boas fontes de proteínas e garantem maior saciedade

  • Quando consumir fondues, dê preferência a opções de cremes feitos com queijos mais magros, a vegetais como cenoura, brócolis e couve-flor no lugar do pão para acompanhar. Troque carnes gordas por cortes magros. Como sobremesa, vá de fondue de chocolate com 70% de cacau com frutas

  • Troque o chocolate quente tradicional e bastante calórico pela versão light, feita com leite desnatado, chocolate 100% cacau e canela

  • Invista nos chás quentes ao longo do dia, que auxiliam no relaxamento, caso do capim-limão e erva-doce. Camomila e hortelã ajudam na digestão e o mate, o preto e o verde são estimulantes

 
Não só no inverno, mas em todas as estações do ano, o amendoim é um alimento saudável e completo, com gorduras boas e essenciais. Conheça mais sobre os demais benefícios dessa leguminosa bastante saborosa.

Texto: Fabiana Gonçalves | Edição: Ana Carolina Giarrante | Design: Alex Mendes

Fonte: Hospital Sírio Libanês, Hospital Israelita Albert Einstein, e Brasil Escola

Conteúdo aprovado pelo responsável técnico-científico do Portal Unimed.


Média (7 Votos)
Avaliar:

COMPARTILHAR:


Cadastre-se para receber novidades e notícias

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso.

 

Uma publicação compartilhada por Unimed (@unimedbr) em