Voltar

Fevereiro Roxo, mês de alerta e conscientização sobre Alzheimer, fibromialgia e lúpus

Fevereiro Roxo, mês de alerta e conscientização sobre Alzheimer, fibromialgia e lúpus

Fevereiro Roxo, mês de alerta e conscientização sobre Alzheimer, fibromialgia e lúpus

15 Fevereiro 2021

Fevereiro é mês de ampliar o alerta sobre o diagnóstico precoce e o tratamento adequado Alzheimer, fibromialgia e lúpus. Essas três doenças sem cura e que acometem cerca de 6,5 milhões de brasileiros são de difícil controle e prejudicam amplamente a qualidade de vida de seu portador se não detectadas e tratadas da maneira correta.

 

Entre os principais sinais e sintomas do Alzheimer estão:

  • falta de memória para acontecimentos recentes;
  • repetição da mesma pergunta várias vezes;
  • dificuldade para acompanhar conversações ou pensamentos complexos;
  • incapacidade de elaborar estratégias para resolver problemas;

Lúpus é uma doença inflamatória autoimune, que pode afetar múltiplos órgãos e tecidos, como pele, articulações, rins e cérebro. Em casos mais graves, se não tratada adequadamente, pode matar. O nome científico da doença é “Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES)”

Sintomas:

  • Fadiga
  • Febre
  • Dor nas articulações.
  • Rigidez muscular e inchaços.
  • Rash cutâneo – vermelhidão na face em forma de “borboleta” sobre as bochechas e a ponta do nariz. …
  • Lesões na pele que surgem ou pioram quando expostas ao sol.
  • Dificuldade para respirar.

Fibromialgia é uma síndrome comum, na qual a pessoa tem como principal sintoma dores no corpo todo durante longos períodos, com sensibilidade nas articulações, nos músculos, tendões e em outros tecidos moles. Junto com a dor, a fibromialgia também causa fadiga, distúrbios do sono, dor de cabeça, depressão e ansiedade.

Sintomas da fibromialgia

  • Dor constante por todo o corpo;
  • Dor intensa ao toque;
  • Cansaço frequente;
  • Distúrbios do sono;
  • Rigidez muscular;
  • Problemas de memória e concentração.

Como prevenir

Infelizmente, não existem formas conhecidas para se prevenir da fibromialgia e do lúpus.
Entretanto, a ciência moderna especula sobre diversos fatores de risco a respeito da doença de Alzheimer, o que nos permite a chegar a algumas dicas de prevenção dessa doença.
Mas o que se sabe sobre as 3 é que ter hábitos de vida saudáveis e cuidar do corpo e da mente são as melhores opções. Por isso, o ideal é:

  • Manter uma alimentação saudável;
  • Praticar exercícios aeróbicos;
  • Não fumar;
  • Fazer exercícios que estimulem a cognição, como palavras-cruzadas;
  • Cuidar da saúde emocional;
  • Fazer atividades prazerosas;
  • Fazer exames de rotina.

 

 

Lembre-se: vá regularmente ao médico para realizar exames de rotina.