Vacinação

Vacinação

 

Confira aqui as vacinas recomendadas pela Sociedade Brasileira de Imunizações para todas as faixas etárias

 

 

Rev. 06/2020

 

     Quando se fala em vacinação em adultos, a primeira coisa que costumamos lembrar é da vacina contra a Influenza. No entanto, ela não é a única recomendada para quem tem entre 20 e 59 anos. No calendário de vacinação para adultos, elaborado pela Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), há muitas outras.

     Depois de adulto, é comum que a gente acabe se descuidando da vacinação. Mas, nessa fase da vida, a atenção à imunização continua sendo essencial. Por meio das vacinas, é possível evitar que você seja contaminado por vírus e bactérias que causam doenças graves. Além disso, você evita se tornar um transmissor desses agentes.

     Além das doses de reforço, os adultos também devem se preocupar com as vacinas que não receberam quando crianças. Nesse sentido, a prevenção ao HPV e à febre amarela merecem atenção especial.

      Relativamente nova no mercado, a vacina contra o HPV foi incluída no calendário de vacinação do Ministério da Saúde em 2014. Inicialmente indicada apenas para adolescentes, ela também se mostrou benéfica às mulheres adultas na prevenção ao câncer do colo do útero. No caso dos homens, a vacina pode proteger contra as verrugas genitais, além de conter a disseminação do vírus.

      Para quem tem mais de 50 anos ainda são indicadas a vacina contra a Herpes Zoster e as Pneumocócicas. A Zoster é recomendada mesmo para aqueles que já apresentaram quadro de herpes zoster. As Pneumocócicas são indicadas para prevenir infecções causadas pela bactéria Streptococcus pneumoniae, responsável por doenças graves como pneumonia, meningite ou septicemia – que é uma infecção generalizada do organismo.

 

 

 

 

 

_________________________________________________________________________________________________

 

17/10: DIA NACIONAL DA VACINAÇÃO – 2020

 

Mesmo diante desse cenário de pandemia, a população, principalmente as crianças, não devem deixar de se imunizar e manter a vacinação de rotina em dia. Essa é a recomendação das principais instituições mundiais de saúde e da Unimed Vale das Antas. Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), a interrupção na vacinação, mesmo que por um breve período, pode aumentar a probabilidade de surtos e o número de indivíduos suscetíveis à graves doenças imunopreveníveis como sarampo, meningite, pneumonia, coqueluche, entre outras.

O Calendário Nacional de Vacinação, do Ministério da Saúde, recomenda imunizações desde os recém-nascidos até a terceira idade, protegendo o indivíduo contra mais de 40 doenças. Com o foco na prevenção convidamos a Enfermeira Quênia Canci para falar um pouco sobre este importante tema. Acompanhe através do link https://we.tl/t-p5xQLth33B.

_________________________________________________________________________________________________

Campanha da Gripe 2020

Colaboradores já estão imunizados!

    Anualmente a Unimed Vale das Antas realiza a campanha de imunização de seu público interno contra a Gripe H1N1.    Em 2020, a aplicação das vacinas foi realizada dia 17 de abril, contando com uma importante adesão de seus colaboradores.