Voltar

Unimeds reforçam suas estruturas para cuidar das vítimas da COVID-19

Unimeds reforçam suas estruturas para cuidar das vítimas da COVID-19

As Unimeds Araruama (RJ), Belo Horizonte (MG), Fortaleza (CE), Natal (RN) e Teresina (PI) criaram hospitais de campanha, com um total de 291 novos leitos.

Unimeds reforçam suas estruturas para cuidar das vítimas da COVID-19

As Unimeds Araruama (RJ), Belo Horizonte (MG), Fortaleza (CE), Natal (RN) e Teresina (PI) criaram hospitais de campanha, com um total de 291 novos leitos.

13 Agosto 2020

No decorrer da pandemia do novo coronavírus, o Sistema Unimed vem mostrando ainda mais a sua força ao se adequar às necessidades assistenciais da população para poder cuidar dos seus beneficiários. O reforço na estrutura das unidades de saúde, como ampliação do número de leitos, novos serviços próprios e hospitais de campanha, está sendo imprescindível para esse momento de crise.

 

A Unimed do Brasil contabilizou, até 30 de julho, mais de 10 mil leitos dos seus hospitais próprios para atendimento de seus clientes, sendo 7.986 comuns e 2.425 de terapia intensiva. Para atender a demanda da pandemia, foram criados cerca de 690 leitos, sendo 550 de UTI, um aumento de 29,33%. Além desses leitos próprios, o Sistema ainda conta com a rede credenciada, que possui cerca de 149 mil leitos.

 

As Unimeds Araruama (RJ), Belo Horizonte (MG), Fortaleza (CE), Natal (RN) e Teresina (PI) criaram hospitais de campanha, com o objetivo de atender especificamente as vítimas da COVID-19. Nesses foram disponibilizados um total de 291 novos leitos.

 

A Confederação registrou também a implantação de leitos de campanha, dentro das estruturas próprias dos hospitais das Unimeds de Araçatuba (SP), Avaré (SP), Campo Mourão (PR),  Campos (RJ), Capivari (SP), Catanduva (SP), Chapecó (SC), Criciúma (SC), Governador Valadares (MG), Gurupi (TO), Jundiaí (SP), Limeira (SP), Litoral (SC), Maceió (AL), Nordeste (RS), Ourinhos (SP), Petrópolis (RJ), Recife (PE), Santa Bárbara D’ Oeste e Americana (SP), Sobral (CE), Sul do Pará (PA) e Volta Redonda (RJ).

 

O Sistema ainda empenhou esforços na contenção dos problemas gerados pelo coronavírus ao inaugurar novas unidades de saúde, a exemplo da Unimed Botucatu (SP), que entregou o seu segundo hospital, com 70 leitos de internação e 10 leitos de UTI, e a Unimed Brusque (SC), que abriu um Ambulatório Especial para atendimento aos casos de COVID-19 em sua sede.

 

Essas ações têm mostrado o protagonismo da marca Unimed em todo o Brasil durante o momento delicado pelo qual o País está passando.


Média (0 Votos)

COMPARTILHAR:


 
 
 

Uma publicação compartilhada por Unimed (@unimedbr) em