Voltar

Festas de fim de ano: como aproveitar sem culpa

Festas de fim de ano: como aproveitar sem culpa

É possível aproveitar bem a ceia com adaptações e moderação no prato

Festas de fim de ano: como aproveitar sem culpa

19 Dezembro 2023

 

Sair da rotina alimentar com as festas de fim de ano é normal. Seguir à risca a alimentação do dia a dia não é tão fácil com as comemorações familiares e confraternizações de trabalho e amigos. Porém, hábitos alimentares saudáveis tendem a ser flexíveis. 

 

Então, não precisa se culpar quando comer rabanada e panetone, por exemplo, delícias típicas dessa época do ano. 

 

Ao invés disso, você pode evitar excessos. Confira algumas dicas neste texto! 

 

Adapte sua ceia

Nada de jejum

Hidratação é fundamental 

 Pessoas se servindo em uma ceia

 

Uma boa estratégia para não pesar a mão nessa época do ano é adaptar alguns pratos clássicos para versões mais leves e completas, do ponto de vista nutricional. Alguns exemplos: 

 

Arroz: que tal incluir na ceia o arroz integral ou o multigrãos, que têm mais vitaminas e fibras comparados ao branco? Você também pode adicionar legumes, como cenoura ralada, além de nozes, castanhas e frutas secas. Essas opções também contam com mais fibras. 

 

 

Bacalhau, chester e peru: as versões assadas e com azeite, em vez de molhos gordurosos ou industrializados, são boas opções! No caso do peru e chester, remova a pele, rica em gordura e colesterol.  

 

 

Salada de maionese com batata: é rica em carboidratos e calorias. Nesse caso, vale reduzir a porção de arroz e farofa no prato. 

 

 

Lentilha, grão de bico e saladas cruas: essas opções são ricas em vitaminas e fibras, que ajudam a digestão. Inclua no prato de arroz, peru e farofa para balancear bem. 

 

 

Panetone: moderação é a chave. lembre-se: as versões trufadas e recheadas são mais ricas em gordura do que as tradicionais, com frutas secas. 

 

 

Rabanada: é possível fazer a versão assada, com menos gordura do que a frita. Já experimentou preparar rabanadas na air fryer? 

 

 

Salpicão: uma possibilidade é fazer essa receita com um pouco de iogurte natural e reduzir a porção de maionese. Pensando no sabor, você pode se surpreender com a refrescância dessa substituição parcial. Frutas secas e in natura, além de oleaginosas (como as castanhas), aumentam o valor nutritivo do prato. 

 

É comum pular algumas refeições antes da ceia, ou reduzir a quantidade de comida no café da manhã e almoço, por exemplo, como uma forma de compensar a ceia que está por vir. 

 

 

Porém, essa lógica de “economizar calorias” pode fazer com que você coma mais ainda, já que sua fome será maior no momento da festa. Procure se alimentar normalmente durante o dia e manter a hidratação. 

 

 

 

 

 

Beber água ajuda seu sistema digestivo a funcionar bem. Isso pode aliviar o processamento do organismo nessa época do ano, repleta de delícias que você não come todos os dias.  

 

 

Uma boa opção para manter a hidratação e estimular a boa digestão é consumir chás nesse período. Hortelã, camomila, boldo, carqueja e anis-estrelado têm efeito digestivo. 

 

 

 

Muita gente faz metas e promessas no final do ano. Quer saber como e por que criá-las?

Fontes: Hospital Albert Einstein 1, 2, 3, 4 


Agência Babushka | Edição e Revisão: Unimed do Brasil

Revisão técnica: equipe médica da Unimed do Brasil


Média (347 Votos)
Avaliar:

COMPARTILHAR:


 

Uma publicação compartilhada por Unimed (@unimedbr) em