Voltar

A primeira semana do bebê

A primeira semana do bebê

Dúvidas e receios fazem parte da adaptação à nova rotina de responsabilidades e cuidados com o recém-nascido

A primeira semana do bebê

9 Agosto 2011


Chegar em casa, pela primeira vez, com o filho recém –nascido no colo é um momento que envolve várias emoções, como alegria e também ansiedade com as novas responsabilidades. Apesar de os pais terem se preparado durante a gravidez para esta ocasião, a primeira semana do bebê em casa pode gerar dúvidas e receio sobre os cuidados que ele deve receber.

O primeiro banho, a rotina de amamentar e as noites em claro são situações que vão exigir muita atenção dos pais para colocar em prática tudo o que leram e aprenderam durante a espera pelo bebê. Aos poucos, isso tende a ficar mais fácil e natural, com os pais adaptados à nova rotina e mais confiantes sobre o comportamento da criança. Algumas dicas podem ajudá-los nessa adaptação:
 
Seja educado com quem dá palpites, mas esclareça todas as dúvidas com o pediatra e deixe claro que vai seguir o que o médico disser;
programe-se para cuidar do bebê em tempo integral;
amamente sentada e não durma enquanto amamenta;
siga as orientações para a hora do banho. Muitas mães têm medo de que o bebê escorregue na banheira, mas aos poucos conseguem se acostumar com a atividade e fazê-la com mais confiança;
não se assuste com a coloração verde-escura do primeiro cocô e da consistênca pegajosa. Em breve, o intestino vai se normalizar;
evite sair para passear com o bebê ainda na primeira semana;
tente identificar a causa do choro e mantenha a calma. O choro pode ser motivado por várias razões, como sede, fome, frio, calor, necessidade de atenção e carinho. Na dúvida, descreva o choro ao pediatra e pergunte o que fazer;
aceite ajuda.

As mães também devem descansar para se recuperar adequadamente do parto e ter disposição para os cuidados com o filho. Por isso, é recomendado que elas coincidam seu momento de repouso com os períodos de sono do bebê.
 
Logo na primeira semana do bebê em casa, é importante aprender a armazenar o leite materno. Neste post, indicamos todas as dicas e informações para a mamãe de primeira viagem. Clique e descubra!
 

Taise Bertoldi e Designer: Pabla Vieira

Fonte: Livros Filhos: da gravidez aos dois anos de idade, da Sociedade Brasileira de Pediatria, e 6.720 horas – gravidez sem dúvida (Regiona Protasio e Sylvia Leal).

Conteúdo aprovado pelo responsável técnico-científico do Portal Unimed.


Média (0 Votos)
Avaliar:

COMPARTILHAR:


Cadastre-se para receber novidades e notícias

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso.

 

Uma publicação compartilhada por Unimed (@unimedbr) em