Voltar

Como armazenar o leite materno

Como armazenar o leite materno

Conheça dicas e orientações do Ministério da Saúde sobre como proceder para continuar alimentando o bebê com o leite materno, de forma segura, sem estar presente

Como armazenar o leite materno

28 Julho 2017
A Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde recomendam o aleitamento materno exclusivo até os seis meses de vida da criança, e complementado até os dois anos ou mais. Porém, como manter a criança recebendo leite materno assim que a mãe retornar ao trabalho? Uma estratégia bastante eficiente é o armazenamento do leite. Para que esta prática seja segura, é necessário estar atento e aplicar algumas recomendações divulgadas pelo Ministério da Saúde. Confira abaixo como armazenar o leite materno com segurança. 
 

Leite materno: orientações para o armazenamento seguro

 
 
 
1. Armazene o leite coletado em um frasco hermeticamente fechado. 
 
 
 
 
 
2. Deixe um espaço de dois dedos entre a boca do frasco e o leite.
 
 
 
 
 
3. Identifique cada frasco com data e horário da coleta. 
 
 
 
 
 
4. Guarde o frasco no freezer ou no congelador. 
 
 
 
 
 
5. Jogue no lixo todos os materiais descartáveis utilizados na coleta. 
 
 
 
 
 
6. Higienize os materiais que servirão para a próxima coleta. 
 
 
 
 
 
 
 

Como utilizar

 
 
Amorne o leite em banho-maria (água quente em fogo desligado).
 
 
 
Agite o frasco lentamente para misturar os componentes do leite. 
 
 
 
Depois da mamada, o leite morno que não foi ingerido pelo bebê deve ser desprezado. 
 
 
Atenção! 
O Ministério da Saúde alerta que não é recomendável ferver, nem aquecer o leite no micro-ondas. Este tipo de aquecimento pode destruir fatores de proteção do leite materno.
 
 

Texto: Rafaela Fusieger / Ilustração: Carolina Moura

Fonte: Cartilha para a mãe trabalhadora que amamenta - Ministério da Saúde

Conteúdo aprovado pelo responsável técnico-científico do Portal Unimed.


Média (6 Votos)
Avaliar:

COMPARTILHAR:


Cadastre-se para receber novidades e notícias

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso.

 

Uma publicação compartilhada por Unimed (@unimedbr) em