Voltar

Grávida no calor? Como evitar desconfortos

Grávida no calor? Como evitar desconfortos

Saiba como enfrentar altas temperaturas com mais conforto

Grávida no calor? Como evitar desconfortos

4 Janeiro 2024

 

As ondas de calor excessivo têm sido frequentes nos últimos meses e as gestantes estão entre os grupos que podem ser mais afetados pelas altas temperaturas. Isso porque alguns sintomas comuns durante a gravidez - como pés inchados, dores nas pernas, dores de cabeça e pressão baixa - podem incomodar mais em dias quentes

 

Apesar do calor, algumas medidas simples podem aliviar o impacto do clima quente no dia a dia das futuras mamães. Continue lendo e descubra formas de enfrentar o calor durante a gravidez com mais conforto.

 

 

Hidratação e alimentação saudável são a chave

 

Algumas das principais queixas das gestantes podem ser aliviadas bebendo mais líquidos e fazendo  pequenas mudanças na alimentação. Mas é importante escolher alimentos e bebidas realmente saudáveis. Veja abaixo algumas dicas:

 

- Aumente a ingestão de água, sucos naturais e água de coco para manter a hidratação em dia. Outros benefícios de beber água são a regulação da temperatura do corpo e a melhora do funcionamento do intestino.

 

- Evite bebidas com muita adição de açúcar, como refrigerantes e sucos processados, além de café e chá preto.

 

- Opte por alimentos naturais e mais leves, como vegetais, saladas e frutas. Mas equilibre suas refeições com outros grupos importantes para a dieta, como carboidratos e proteínas. Couve, brócolis, agrião, rúcula, mamão, abóbora, cenoura, laranja, acerola, tomate, manga e ameixa são boas opções.

 

- Divida suas refeições ao longo do dia para uma digestão mais eficiente. Faça três refeições principais e três pequenos lanches para manter o metabolismo ativo constantemente.

 

- Evite ficar muito tempo sem comer quando estiver na rua. Leve na bolsa alimentos práticos, como frutas e castanhas.

 

 

Lembre-se que estas medidas podem reduzir sintomas como inchaço, queda de pressão, tontura e outros, mas não substituem consultas do seu médico. Somente um profissional vai poder avaliar seu histórico completo e definir orientações personalizadas para atender às suas necessidades.

 

 

 

Cuidados com os efeitos das altas temperaturas dentro e fora de casa

Imagem de uma mulher grávida com as mãos na barriga

Quando falamos de gravidez e calor, é importante redobrar os cuidados com a exposição ao sol. Mas também é importante falar sobre medidas para melhorar o seu bem-estar em ambientes fechados. As dicas abaixo valem para todas as pessoas, mas são ainda mais importantes para as futuras mamães:

 

Em ambientes abertos

 

  • Evite a exposição direta ao sol, especialmente entre 10h e 16h, quando os raios ultravioletas, responsáveis pelas queimaduras solares, estão mais intensos.
  • Use protetor solar com fator superior a 50 para prevenir manchas, pele ressecada, envelhecimento precoce e até câncer.
  • Mantenha a pele hidratada com produtos liberados para gestantes, como água termal, manteiga de karité, glicerina, óleo de amêndoa e ácido hialurônico.
  • Utilize também itens de proteção, como óculos, chapéu e guarda-sol. Sempre que possível, opte por ficar em locais com sombra.

 

Em ambientes fechados

 

  • Abra as janelas durante o dia e a noite para melhorar a ventilação.
  • Evite ambientes muito quentes e sem circulação de ar.
  • Use roupas leves e frescas, com tecido de algodão, que permite maior ventilação e absorção do suor.
  • Opte pelo banho frio em dias mais quentes para reduzir os efeitos do calor no corpo.
  • Banhar os pés em água fria também é uma boa opção para se refrescar.
  • Em regiões de ar seco, é importante manter o local úmido. Toalhas molhadas ou baldes de água são boas alternativas se você não tiver um umidificador.
  • Manter o ambiente climatizado com ar-condicionado também ajuda a deixá-lo mais confortável, mas é importante fazer a manutenção do aparelho e evitar mudanças de temperatura bruscas.

 

Gravidez saudável em qualquer estação

 

Em tempos de calor intenso, é essencial proteger as futuras mamães, afinal, o corpo delas fica muito sensível durante a gestação. E algumas mudanças simples na rotina podem dar conta desse problema, permitindo que aproveitem o melhor da gravidez mesmo quando está quente demais lá fora.

 

Mas vale lembrar, ainda, que cuidar da saúde durante a gestação vai além de manter a hidratação em dia, ter uma alimentação saudável e se proteger dos efeitos do calor intenso.

 

O acompanhamento com um médico obstetra ajuda a prevenir complicações, garante uma recuperação mais rápida após o parto e contribui para o desenvolvimento saudável do bebê.

 

Fontes: Ministério da Saúde | Secretaria de Estado de Saúde de Goiás | Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais | Sociedade Brasileira de Dermatologia | Unimed.


Agência SA 365 | Edição e Revisão: Unimed do Brasil

Revisão técnica: equipe médica da Unimed do Brasil


Média (2296 Votos)
Avaliar:

COMPARTILHAR:


 

Uma publicação compartilhada por Unimed (@unimedbr) em