Voltar

Saúde bucal infantil: o cuidado começa cedo

Saúde bucal infantil: o cuidado começa cedo

Do pré-natal à escovação dos primeiros dentinhos e a primeira visita ao dentista

Saúde bucal infantil: o cuidado começa cedo

12 Dezembro 2023

 

O primeiro dentinho do bebê costuma nascer entre o sexto e o décimo mês de vida. Mas o cuidado com a saúde bucal infantil começa bem antes, no pré-natal. Você sabia?

 

 

Durante a gestação, pais e mães já podem se preparar para a missão de cultivar o sorriso da criança com hábitos saudáveis.

 

Neste artigo, você já encontra alguns dos cuidados mais importantes.

Antes de nascer
Cuidado do sorriso banguela
Primeiros dentinhos

 

 

Antes de nascer

Os dentes de leite começam a se formar a partir da sexta semana de gestação até o quinto mês, aproximadamente. Problemas de saúde, falhas nutricionais e até maus hábitos de higiene podem levar a malformações no feto e nos dentes do bebê.

 

O pré-natal odontológico também é um ótimo momento para a pai e mãe começarem a se informar sobre os cuidados que serão necessários logo mais.

 

Cuidando do sorriso banguela

Não é necessário higienizar a boca do recém-nascido que mama no peito. Mas é interessante introduzir o hábito na rotina para que ele se acostume. Para isso, use uma gaze ou dedeira limpa e passe delicadamente nas gengivas uma vez ao dia.

 

Nessa fase, o principal cuidado é priorizar o aleitamento materno exclusivo até os seis meses, e depois alternar com outros alimentos até por volta dos 2 anos de idade. O movimento de sucção do seio fortalece a musculatura orofacial e não pode ser reproduzido por chupetas e mamadeiras.

 

Vale lembrar: dentistas recomendam não dar açúcar e alimentos ultraprocessados às crianças até os 2 anos. Além de provocarem cáries, o consumo está relacionado à obesidade infantil

 

Como cuidar dos primeiros dentinhos

Primeiros dentinhos

 

Os primeiros dentes costumam nascer entre os 6 e 10 meses de idade. Quando os dentinhos surgem, é comum ter febre, irritação, diarreia e aumento da salivação. Não precisa se preocupar. Por volta dos 3 anos a dentição está completa.

 

Para aliviar o desconforto, você pode fazer massagens delicadas na região com os dedos, dar mordedores, alimentos gelados.

 

 

 

Escovação e fio dental

 

A partir da erupção dos dentinhos, a escovação passa a fazer parte da rotina, duas vezes por dia. Quando dois dentinhos se encontram, é hora de introduzir o fio dental.

 

Como escovar dentes de bebes:

  1. A higienização deve ser realizada com a criança em pé ou sentada no colo, com a cabeça apoiada no peito, no braço ou na perna do adulto. Como ficar mais confortável para vocês. Uma mão afasta a bochecha e a outra escova
     
  2. Utilize uma escova macia e pasta com 1.000 a 1.500 ppm de flúor Escove sem fazer força
     
  3. Coloque uma quantidade de pasta equivalente a meio grão de arroz e limpe todos os lados do dentinho. Quando a criança aprende a cuspir, a quantidade de pasta pode aumentar para o equivalente a um grão de ervilha
     
  4. Dica: conte até oito enquanto escova todas as faces de cada grupo de dente. Musiquinhas ou historinhas também podem ajudar a deixar o momento mais descontraído.

 

 

Como passar o fio dental em crianças pequenas

  1. Tire em torno de 30 centímetros do fio dental e enrole nos dedos
     
  2. Passe com cuidado no dente da criança, com atenção para não machucar a gengiva
     
  3. Curve o fio ao redor de cada dente, fazendo um formato de “C”, com um movimento de vai e vem.

 

 

 

Importante: 

 

Até a criança desenvolver coordenação motora, cabe aos pais a responsabilidade pela sua higiene bucal. Mesmo quando capazes, a supervisão ou complementação dos adultos é essencial, garantindo uma escovação eficaz desde a infância até a adolescência, promovendo uma saúde oral duradoura.

 

 

Primeira visita ao dentista

primeira visita ao dentista

 

A erupção dos dentinhos é também o momento de marcar a primeira consulta ao odontopediatra para começar as consultas de acompanhamento. Não precisa ter medo! As consultas precoces permitem monitorar eventuais problemas desde o início e também ajuda a criança a se acostumar com o ambiente.

 

Por mais que não sejam a dentição definitiva, os dentes de leite precisam resistir com saúde por alguns anos. Eles são importantes porque criam o espaço na boca da criança para o desenvolvimento dos permanentes, contribuem para o crescimento da boca/face e ajudam na fala e mastigação.

 

 

Manchinha do dente de leite: será que é cárie? O que fazer

 

A cárie precoce, chamada popularmente de cárie de mamadeira precisa ser tratada desde o início. Fique de olho: ela normalmente começa como uma mancha branca, perto da gengiva, que pode ir escurecendo. Apesar de indolor, requer uma avaliação do dentista

 

 

Reunimos em um texto algumas dicas para você estimular – ainda mais – o desenvolvimento do seu filho. Confira!

 

 

Fontes: Ministério da Saúde |  USP | SBP


Agência Babushka | Edição e Revisão: Unimed do Brasil

Revisão técnica: equipe médica da Unimed do Brasil


Média (521 Votos)
Avaliar:

COMPARTILHAR:


 

Uma publicação compartilhada por Unimed (@unimedbr) em