Voltar

Mitos que envolvem a gestação

Mitos que envolvem a gestação

Ministério da Saúde esclarece alguns equívocos que têm sido compartilhados com o passar dos anos.

Mitos que envolvem a gestação

13 Junho 2016
As futuras mamães, principalmente as de primeira viagem, costumam enfrentar muitas dúvidas ao longo da gestação relacionadas à alimentação e hábitos recomendados ou não. Na mesma intensidade das incertezas vêm também os mais variados conselhos, geralmente compartilhados por pessoas próximas e que não são especialistas. As crendices populares têm grande parcela de contribuição na disseminação de mitos envolvendo a gravidez. Para orientar a população em geral e principalmente as gestantes, o Ministério da Saúde separou diversas informações equivocadas que ainda circulam e divulgou esclarecimentos sobre cada uma delas.  
 
Existem muitos mitos relacionados à gravidez. Mas um fato indispensável é o cuidado que a mamãe precisa ter com sua saúde e de seu bebê, desde o momento que é confirmada a gravidez. Neste artigo listamos as principais e mais importantes vacinas que a mãe precisa receber, antes mesmo do nascimento de seu pequeno. Leia e saiba mais.
  ATENÇÃO! Converse sempre com seu médico quando surgir alguma dúvida a respeito de algo relacionado à gravidez e pós-parto. 

 
 
Mito: “uma vez cesárea, sempre cesárea”
Evidências científicas atuais apontam que a mulher que foi submetida a uma cesariana pode ter parto normal na gravidez subsequente, pois os riscos de complicações de um parto normal são inferiores aos demais riscos que estão relacionados às cirurgias sucessivas. 

Mito: dormir de bruços machuca o bebê
A gestante deve escolher a posição que se sinta mais confortável para dormir, não há problema em ficar na posição “de bruços”. Porém, o deitar de lado, com ênfase do lado esquerdo, facilita o fluxo sanguíneo que chega ao bebê. 
 
 

Mito: não se deve lavar a cabeça no primeiro dia após o parto
Não há razões médicas que justifiquem a alteração da rotina de higiene pessoal após o parto. 

Mito: gestante não pode tratamento odontológico
Cuidar da saúde bucal é essencial em todos os momentos da vida, inclusive durante a gravidez. Caso haja necessidade, há anestésicos locais e antibióticos que podem ser usados durante a gestação. 

Mito: durante a fase da amamentação não existe possibilidade de engravidar
Devido às modificações hormonais relacionadas à amamentação, o retorno da ovulação pode não ser identificado pela mulher, sendo possível engravidar mesmo antes de apresentar novamente os ciclos menstruais. 
 

Rafaela Fusieger / Designer: Ana Carla Bortoloni

Fonte: Blog da Saúde - Ministério da Saúde

Conteúdo aprovado pelo responsável técnico-científico do Portal Unimed.


Média (0 Votos)
Avaliar:

COMPARTILHAR:


Cadastre-se para receber novidades e notícias

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso.

 

Uma publicação compartilhada por Unimed (@unimedbr) em