Voltar

Dia da Não Violência

Dia da Não Violência

Dia da Não Violência

O dia 30 de janeiro foi proclamado pela ONU como o Dia da Não Violência em homenagem ao líder religioso hinduísta Mahatma Ghandi, cujo assassinato ocorreu nessa data no ano de 1948. Ele é mundialmente conhecido pela sua militância em favor da paz e foi um dos grandes precursores do conceito de “Não Violência”.

As ações da vertente de “Não Violência” começaram a tomar forma na primeira metade do século XX, através dos movimentos políticos e sociais liderados por Ghandi. A força desse pensamento extrapolou a esfera política, sendo encontrado em várias manifestações, como o cristianismo, o budismo, e o hinduísmo por exemplo.

Trata-se de uma iniciativa voltada à educação para a paz, a solidariedade e o respeito pelos direitos humanos. Entretanto, além do campo religioso ou político, a não violência demanda uma mudança interna real daqueles que participam de conflitos. Para Gandhi, a “Não Violência” era um tipo de comportamento marcado pela ação orientada para não causar dano e prejuízo ao outro.

Paz, solidariedade e respeito. A Unimed Planalto Médio apoia essa ideia.


Carolina Carvalho