Memorial

Responsive Image

A semente do trabalho solidário floresceu na cidade conhecida como a Capital do Trabalho, fruto de um passo ousado para seu tempo, quando no dia 20 de dezembro de 1971, 37 médicos campinenses assinaram a ata que seria o marco do cooperativismo médico no Nordeste.

Em mais de quatro décadas a Unimed Campina Grande soube acompanhar o seu tempo, assimilando inovações e exercitando a sua vocação: cuidar de pessoas.

Um conceito de qualidade que se expandiu por uma trajetória histórica, e que hoje é constatado pelo rigor dos números traduzidos pela Agência Nacional de Saúde Suplementar. Estamos entre as 50 melhores cooperativa do Sistema Unimed do Brasil, com Índice de Desenvolvimento da Saúde Suplementar com pontuação de excelência.

Somos a Unimed Campina Grande. Muito mais que um plano de saúde, somos a “Rainha da Borborema”, região onde trabalho e a cultura fez morada. A força da cooperação é a nossa história, é o nosso plano.

 

GESTÕES

 

Dr. Firmino Brasileiro Silva (1971 a 1975)

A primeira gestão da Unimed difundiu os princípios cooperativistas entre os médicos campinenses. O objetivo foi consolidar a dinâmica do trabalho solidário, motivando a livre adesão de novos médicos, muitos deles ainda vinculados ao antigo sistema previdenciário de assistência à saúde – Inamps. A cooperativa teve como seu primeiro presidente o médico ortopedista Dr. Firmino Brasileiro Silva, que trazia na bagagem vivências internacionais e um grande relação e apoio e credibilidade na classe médica campinense.

A fundação da Unimed Campina Grande não só mostrou que se podia praticar medicina de qualidade além do sistema público, como também incentivou a criação de outras cooperativas médicas como a Unimed Maceió e a Unimed Recife.

 

Dr. José Juraci de Albuquerque Gouveia (1975 a 1987)

A evolução do trabalho médico cooperativo na sua primeira década ganhou força com a adesão de empresas que passaram a reforçar o número de clientes Unimed. Paralelamente ao crescimento de vidas, crescia também o número de cooperados, o que exigia da Unimed uma estrutura ainda maior. De uma sala emprestada, cedida pelo médico Milton Medeiros, até a sua primeira Sede própria na Rua Pedro II, no Bairro da Prata, a cooperativa avançava, tendo agora à frente um dos seus fundadores e que assumia a presidência, o médico pediatra Dr. Juraci de Albuquerque Gouveia. Em sua gestão, a Unimed realizou a sua primeira campanha publicitária, assim como passou a ocupar a atual Sede da Cooperativa na Rua Clayton Ismael, no Bairro Lauritzen.

 

Dr. Mário de Oliveira Filho (1987 a 1990)

Com a consolidação da Unimed no mercado, a credibilidade na prestação de serviço passou a fazer diferença. Campina Grande crescia atingindo a casa dos 300 mil habitantes. A Unimed preparava-se para um novo tempo. Valorizar o trabalho cooperado passou a ser prioridade. A implantação das primeiras tabelas da Associação Médica Brasileira para procedimentos médicos foi um importante passo nesse sentido.

Tornar a Unimed Campina Grande ainda mais competitiva, com força e solidez, foi a meta do gestor Dr. Mário de Oliveira Filho, médico ginecologista, que como presidente apresentou um novo modelo de gestão, em que as Diretorias passaram a compor a administração.

 

Dr. Arlindo Carvalho do Nascimento (1990 a 1994)

A década de 90 começava com uma exigência para seu setor: agilidade nos processos. Evoluía a medicina paralela à existência de maior dinamismo e fluxo no setor de assistência à saúde. O médico ortopedista Dr. Arlindo Carvalho assume a presidência da Unimed para colocar a cooperativa na frequência da informatização, com a aquisição e ampliação do setor de Informática da Unimed. Evoluíram também os serviços especializados oferecidos pela cooperativa, a exemplo da Oncologia, Tomografia Computadorizada e Cirurgia Cardíaca. Mesmo com desafios econômicos nacionais, como o histórico Confisco da Poupança naquela década, a gestão conseguiu triplicar o número de clientes da cooperativa.

Dr. Arlindo foi membro atuante na gestão da Unimed até o seu falecimento em 2020, representando a Assessoria de Gestão Operacional dos Recursos Assistenciais – AGORA.

 

Dra. Santana Maria Florindo (1994 a 2002)

Como a primeira mulher a assumir a presidência da cooperativa, coube à médica pediatra Dra. Santana Florindo, o desafio de gerir a marca Unimed no início da regulamentação dos planos de saúde no Brasil. A saúde suplementar passava agora a ter uma agência reguladora, a ANS, que por meio das suas diretrizes trouxe uma nova reconfiguração de serviços e qualificação para o setor. Ações estratégicas de marketing reafirmaram a liderança da Unimed como cooperativa médica na região, trazendo resultados importantes como a duplicação do número de clientes, uma importante resposta a nossa história de serviços e credibilidade.

É nessa trajetória administrativa que é criado um dos importantes serviços da Unimed, o Atendimento de Urgência e Emergência Domiciliar 24 horas.

 

Dr. Francisco Vieira de Oliveira – (2002 - atual gestão)

Enfrentar os desafios de uma regulamentação do setor da saúde suplementar, reafirmando a valorização do trabalho médico cooperado, a proximidade, e uma gestão que convirja em resultados. Este foi o foco inicial que marca o início da gestão do ortopedista Dr. Francisco Vieira de Oliveira. Agregando forças, optando por uma linha administrativa focada no equilíbrio, transparência e diálogo, a nova gestão tem fortalecido a Unimed nos seus principais pilares. Economicamente a Unimed é uma cooperativa segura e sólida, contribuindo para o desenvolvimento da região, através de investimentos no setor, e geração de empregos diretos e indiretos. Tributariamente somos uma das importantes forças contribuintes para o crescimento região. Somos uma cooperativa com força econômica atendendo a todas as exigências técnicas federais que reafirmam uma solidez a custo de trabalho de planejamento. Exemplifica-se pela importante conquista da quitação de mais de 40 milhões de passivos tributários logo no início da gestão, dando a Unimed a dimensão da sua solidez econômico-financeira e sua força para honrar seus compromissos.

Como operadora de plano de saúde, a Unimed tem registrado marcos históricos, como a conquista do Registro Definitivo por parte da ANS no ano 2009, e crescentes índices de excelência também avaliado pelo nosso órgão fiscalizador. São números e índices que colocam a Unimed entre as 50 melhores operadoras de planos de saúde no Brasil.

Atualmente diante das provisões técnicas exigidas pela ANS, para as operadoras de planos de saúde no Brasil, a Unimed Campina Grande faz o diferencial em sua história, devendo cumprir o seu lastro de mais de 50 milhões de reais, antes do tempo estabelecido pela agência.