Em AGE Digital, Unimed Cascavel aprova reforma estatutária e regimental

        03 de setembro, 2021

Cooperados da Unimed Cascavel participaram de mais de 11 horas de transmissão on-line, nos 30 e 31 de agosto, durante a Assembleia Geral Extraordinária (AGE Digital) para votação da ampla reforma do Estatuto Social e do Regimento Interno da Cooperativa. A modalidade virtual foi escolhida em nome da saúde dos participantes. Ainda que o decreto municipal em vigor permitisse a realização de eventos presenciais (desde que respeitadas as regras de prevenção contra a Covid-19), a cidade estava em bandeira vermelha para a propagação do vírus que causa a doença.

Ao todo, 134 itens foram colocados em votação, seguindo as regras do Cooperativismo, que prevê as alterações mediante eleição aberta, com necessidade de 2/3 dos votantes para aprovar cada ponto em discussão. Além de corrigir redundâncias e trechos que apareciam em duplicidade tanto no estatuto quanto no regimento, a AGE aprovou textos de adequação para o programa de Compliance adotado pela Singular.

Para a realização do evento digital, a Cooperativa contou com os serviços de colaboradores internos, bem como de uma empresa especializada em transmissões pela internet e da plataforma Eleja On-line, que desenvolveu meios de possibilitar o acesso seguro, preciso e em tempo adequado (considerando a transmissão de dados e divulgação de resultados após a votação de cada item).

Democracia

Todos os textos em debate haviam sido previamente enviados para a análise minuciosa de cada cooperado. Antes disso, os conselhos de administração, técnico e fiscal, assessores jurídicos internos e externos da Unimed Cascavel, realizaram a análise e propuseram as alterações e adequações de todos os tópicos do estatuto e do regimento interno.

 De acordo com o diretor-presidente da Unimed Cascavel, Luiz Sérgio Fettback, o processo envolveu o trabalho de diversas equipes, sempre prezando pela transparência e alinhamento aos aspectos de compliance: “Foram vários momentos de análise e ponderação para se chegar ao esboço apresentado na Assembleia. Além disso, o processo foi participativo, onde durante a AGE, após a apresentação de cada ponto a ser votado, os cooperados tiveram 30 segundos para enviar questionamentos por meio do chat disponibilizado pela plataforma. Em seguida, os participantes tiveram mais trinta segundos para efetuar o voto, em um processo democrático e transparente”.

Na primeira noite (30 de agosto), foram aprovadas as alterações propostas em 63 itens relativos ao Estatuto Social. Já na noite de 31 de agosto foram votados os 71 itens do Regimento Interno.


 

“Estamos convictos que atingimos os nossos objetivos que eram de apresentar um estatuto e um regimento compatíveis com a grandeza da nossa Unimed. Com objetividade, acima de tudo com rigor de justiça e Compliance. Destaco a importância da participação dos cooperados que participaram ativamente, acreditam e confiam nos princípios cooperativistas. Além da participação dos cooperados, também agradeço aos colaboradores e fornecedores que se empenharam e trabalharam com dedicação, em especial, nestes dois dias”, finaliza o presidente.

De acordo com a avaliação geral do diretor de Provimento de Saúde da Unimed Cascavel, Sandro Toledo Carvalho, a Assembleia Geral Extraordinária (AGE) foi muito democrática. Deu oportunidade para todos os cooperados se manifestarem. Além disso, foi muito segura com relação à pandemia, já que foi realizada de forma virtual. Isso garantiu a participação de todos com a máxima segurança, além de dar lisura ao processo.

“A Assembleia é sempre o ponto máximo do cooperativismo, já que todos puderam expressar as suas opiniões. Vejo de forma positiva as aprovações das alterações do estatuto e do regimento interno adequando às novas legislações dentre elas a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), algumas novas exigências da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), além da adequação da entrada de novos cooperados na Unimed Cascavel, de forma que possamos crescer sempre e oferecer o melhor para os beneficiários e médicos cooperados”, explicou o diretor de Provimento de Saúde.


 

O próximo passo é o registro da Ata na Junta Comercial de Cascavel, bem como da versão final (com as alterações aprovadas) dos dois documentos, para disponibilização a todos os cooperados.

Melhoria contínua, Transparência e Cooperativismo. Esse é o plano.


Assuntos em destaque: