Retrospectiva 2021: Voluntários da Unimed Cascavel completam 235 horas de trabalhos pela sociedade

        16 de dezembro, 2021

A equipe da Unimed Cascavel que também participa dos trabalhos em prol da sociedade somou 235 horas de atividades voluntárias, em 2021. Ao todo, 194 colaboradores, médicos e parceiros arregaçaram as mangas para se envolver nas ações, que beneficiaram mais de 500 pessoas.

“As ações foram desenvolvidas dentro dos projetos sociais realizados pela Cooperativa, a exemplo das iniciativas de doações de sangue, Páscoa, Natal, Campanha do Agasalho, além de palestras e outros projetos”, explica Maria Carolina Pedro, do setor de Sustentabilidade da Unimed Cascavel.

Em 2021, a Singular criou o quadro “Voluntário do Ano" para valorizar o (a) colaborador (a) que mais participou das ações. O assistente Douglas da Silva Spenazzatto, do Núcleo de Projetos, ficou no topo do ranking, ao atuar em oito projetos voluntários. “Costumam me perguntar o porquê de eu ser voluntário. Para responder, precisei me fazer outra pergunta: por que não ser? As necessidades existem e só precisam de atitude e coragem para serem atendidas. Em minhas reflexões enquanto ser humano, busco entender quem somos, por que fazemos o que fazemos e para onde vamos. Essa busca é o combustível que me impulsiona a ser um voluntário. Prestando esses serviços, sinto que posso me reconectar comigo mesmo, tanto para a vida pessoal quanto a profissional. Agradeço à Unimed Cascavel, que tem a atitude e a coragem de proporcionar esses momentos de voluntariado aos colaboradores”, avaliou.

Samara Cristina Soares, assistente da área de Contas Médicas, foi voluntária pela primeira vez neste ano. Participou da Horta na Escola e da entrega de presentas às crianças. “Eu acho importante esse trabalho para que a gente mesmo dê mais valor às pequenas coisas da vida. Na horta, por exemplo, quanto vi o quanto o pessoal ficou feliz, fiquei feliz também, pois aprendi muita coisa.”

Cartinhas de Natal

Todo fim de ano, quem trabalha na Unimed Cascavel é convidado a adotar cartilhas de Natal escritas por crianças de entidades assistenciais. Neste ano foram adotadas 113 cartas, com presentes entregues nesta quinta-feira (16) a meninos e meninas do Centro Municipal de Educação Infantil Peter Pan e do Eureca I, ambos na zona norte da cidade.

Voluntariado. Esse é o plano.


Assuntos em destaque: