Unimed Cascavel atinge patamar máximo de excelência em saúde pelo terceiro ano seguido

        12 de janeiro, 2022

Pela terceira vez consecutiva, a Unimed Cascavel atingiu o patamar máximo no IDSS - Índice de Desempenho da Saúde Suplementar (2021, ano-base 2020). A nota de 1,0 foi divulgada no relatório de qualificação das operadoras de saúde e está acima da média brasileira (0,79), de acordo com a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

O Programa de Qualificação de Operadoras (PQO) da ANS avalia 33 indicadores, incluindo um item bônus para aquelas que possuem certificado de acreditação, caso da Unimed Cascavel. Esses indicadores são distribuídos em quatro dimensões:  

• IDQS - Qualidade em atenção à saúde
• IDGA - Garantia de acesso
• IDSM - Sustentabilidade no mercado
• IDGR - Gestão de processos e regulação


 

“O ranking certifica a qualidade dos serviços prestados aos clientes e dá a eles a condição de escolherem o melhor plano de saúde, pois permite a comparação entre as empresas e estimula a concorrência no setor. O índice também esclarece quais são os pontos que a operadora pode desenvolver ainda mais, no sentido de oferecer o serviço que o beneficiário precisa, com a qualidade especial que ele merece”, explica o diretor-presidente da Unimed Cascavel, Luiz Sergio Fettback.

A diretoria da Unimed Cascavel considera esse resultado uma comprovação do Jeito de Cuidar Unimed, que promove o atendimento humanizado de excelência, baseado na empatia em relação a cada beneficiário (a), que tem à disposição projetos de medicina preventiva e curativa oferecidos em uma estrutura inspirada nos modelos mais eficientes de prestação de saúde, além de uma rede credenciada formada por 627 médicos cooperados, 20 hospitais, 26 laboratórios e 111 clínicas.

Mais informações pela internet em: http://www.ans.gov.br

Saúde com peso de excelência. Esse é o plano.


Assuntos em destaque: