Tipos de Parto

 

Nem sempre é possível antecipar qual tipo de parto você vai ter, pois vários fatores contribuem para a indicação. Entre os quais, destacam-se as condições de saúde da mãe e do bebê, a posição da criança dentro do útero e a estrutura da bacia da mãe. O importante é ficar tranquila e conversar com o seu médico sobre a melhor opção para você e seu bebê.

 

O parto normal
Nesse tipo de parto, a saída do bebê ocorre de forma natural, pois é impulsionado pelas contrações uterinas, ocorre uma recuperação mais rápida da mulher, além de ser menor o risco de hemorragia e infecção. A amamentação normalmente ocorre com mais facilidade devido aos hormônios que são liberados durante o trabalho de parto normal. Também existem vantagens para o bebê, como a redução dos riscos de desenvolver problemas respiratórios e de adquirir infecções.

 

O parto cesárea
No parto cesárea, a retirada do bebê ocorre por meio de uma cirurgia e, preferencialmente, somente deve ser indicado em situações em que o parto normal traga maiores riscos para mãe ou para o bebê, como quando não há dilatação vaginal, quando o bebê não se encontra na posição adequada, quando há sangramentos vaginais, quando o bebê é muito grande, entre outros casos particulares que deverão ser avaliados pelo médico que a acompanhou no período de pré-natal.

Preferencialmente, o parto, mesmo o agendado, deve se dar entre a 39ª e 40ª semana de gestação. Agendar uma cesárea de baixo risco antes desse período pode aumentar a possibilidade de problemas relacionados à prematuridade do bebê.  Por isso, antes de qualquer decisão, converse com o seu médico sobre os benefícios do parto normal.